Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Faltou a ressalva

João da Silva Sauro (Outros)

Não entendi o uso do termo 'rentável', sem definição dos resultados e sua quantificação. Uma análise de custos e benefícios meramente teórica é mero uso retórico do argumento juseconomico, que não é concretamente substanciado no artigo. No aguardo da próxima parte. Falha da editoria em não esclarecer este fato

Considerações em relação aos comentários críticos

Bernardo Augusto Duarte (Servidor)

Prezado Flávio Ramos,
Agradecemos o comentário. Essa é a primeira parte de um artigo que, pelo limite de caracteres da Tribuna, teremos que fracionar em várias colunas. Os números ainda virão, nas próximas colunas. Agradecemos o comentário.
Prezado Villela,
Em tempos de polarização política, sempre há riscos de incursão em um discurso nós x eles. No artigo completo, há uma nota explicativa exatamente sobre os termos empregados. De qualquer forma, agradecemos o comentário.

Não cumpriu o que prometeu

Flávio Ramos (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

O texto não trouxe sequer UM número. Em vez da prometida demonstração da economicidade da DP brasileira, tratou do reduzido escopo do sistema americano.

Assim não dá

Villela (Advogado Sócio de Escritório - Tributária)

Termos como "conservador", "neoliberal", etc, põe o texto sob odiosa tese binária: nós X eles.
Com a devida vênia, perde credibilidade.

Comentar

Comentários encerrados em 26/02/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.