Consultor Jurídico

Pesou no bolso

Petrobras quer cobrar multas milionárias de delatores da "lava jato"

A Petrobras informou a 23 réus da operação "lava jato" que pretende cobrar deles, por meio de uma ação judicial, multas milionárias pelo esquema de corrupção instaurado na estatal. Entre os notificados, há inúmeros delatores, mas nenhum ex-diretor da companhia. A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo.

ReproduçãoPetrobras quer cobrar multas milionárias de delatores da operação "lava jato"

Conforme a reportagem, colaboradores como o ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht, os ex-marqueteiros do PT Mônica Moura e João Santana, o operador financeiro Adir Assad e o ex-presidente da Andrade Gutierrez Otávio Marques de Azevedo foram comunicados da intenção da Petrobras.

A estatal não respondeu questionamentos sobre o critério de escolha dos réus que serão processados.

Em nota, disse apenas que a cobrança de multa serve para resguardar os interesses da empresa "enquanto pendentes cumprimento de acordos e tramitações processuais pertinentes".




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 27 de dezembro de 2020, 14h41

Comentários de leitores

2 comentários

Extorsão na petrobras

Pedro Paulo Faria (Outros)

Petrobras falar em processar "delatores" eximindo seus "EXECUTIVOS", só pode ser piada, ainda citar os nomes dos executivos da Odebrecht e da Andrade Gutierrez, mais piada, quando será que a PETROBRAS vai assumir uma parte da culpa pelo ESQUEMA DE CORRUPÇÃO que foi desvendado? Quando será que a PETROBRAS vai fazer o mea culpa para dividir com as EMPREITEIRAS os prejuízos causados por tal esquema? Ou vai continuar fazendo papel de "VÍTIMA", combater a CORRUPÇÃO e buscar ressarcimento das "EMPREITEIRAS" sem tratar da questão da "EXTORSÃO" vivida por várias empresas dentro do sistema é sem dúvida uma tremenda falta de respeito com a integridade das pessoas jurídicas "EMPREITEIRAS" e FÍSICAS "EMPRESÁRIOS"... A PETROBRAS é, foi e continua sendo tão responsável pelos desvios quanto qualquer outro, porém com um detalhe que precisa deixar de ser ignorado, a PETROBRAS sempre deteve o poder de fazer as "EMPREITEIRAS" entrarem no esquema, para daí então dividirem os resultados dos desvios, ou era isso ou a PETROBRAS quebrava a "EMPREITEIRA" que não aceitasse fazer parte do modus operandi é simples de entender, acontece que o "PODER POR TRÁS DA PETROBRAS" continua fazendo que tal assunto "EXTORSÃO" não venha a tona, pois eu já fiz DENÚNCIA no MPF e no DPF, e por mais que as denúncias tenham o CPF das pessoas que eu denuncio não vai pra frente, uma pena que as grandes "EMPREITEIRAS" não se unem com o propósito de discutir nos tribunais um revés contra a "PETROBRAS" e assim fazê-la dividir com as mesmas as multas absurdas e sem precedentes impostas as mesmas e aos seus executivos, sem falar de outras covardias que tais "EMPREITEIRAS E EMPRESÁRIOS" vem sofrendo!!!
ação nº 0277130-89.2014.8.19
"EU FUI VÍTIMA DE EXTORSÃO NA PETROBRAS "

Pedro Paulo
(11) 97451-7180

Mal agradecida

Ezac (Médico)

Ou cobra de todos os danos causados, ou não cobra de ninguém. Deveria agradecer a forma que foi desvendado o maior roubo dentro de uma empresa, que só não quebrou por produzir algo que pertence a todos os brasileiros....

Comentários encerrados em 04/01/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.