Consultor Jurídico

Políticas judiciárias

CNJ publica painel de projetos institucionais do Escritório Corporativo

O Conselho Nacional de Justiça disponibilizou em seu portal eletrônico o painel de projetos institucionais desenvolvidos no âmbito do Escritório Corporativo de Políticas Judiciárias Nacionais e de Projetos Institucionais (ECPP). Instituído em setembro passado, o Escritório Corporativo é um centro de informações estratégicas, promovendo o acompanhamento, oferecendo suporte metodológico e integrando a execução das políticas judiciárias nacionais e dos projetos institucionais.

CNJCNJ publica painel de projetos institucionais do Escritório Corporativo

O Painel de Projetos apresenta informações sobre os 33 projetos institucionais em andamento, incluindo alguns dados, como objetivo estratégico do CNJ, temáticas, entregas realizadas até o momento e percentual de execução de cada um. Além disso, foi desenvolvido um relatório com o resultado mais detalhado do levantamento de projetos.

Criado pela Portaria 181/2020, a unidade vinculada ao Departamento de Gestão Estratégica do CNJ para assessorar à presidência e às comissões permanentes conta com equipe formada por juiz auxiliar da presidência, coordenador, consultores, gerente e assistente.

Eles são responsáveis por auxiliar a interlocução com outras áreas, facilitar o estabelecimento de estratégias e diretrizes e realizar estudos e pesquisas apoiando as atividades de integração entre as políticas e os projetos, fortalecendo suas execuções.

A política judiciária nacional é aquela instituída pelo CNJ, com caráter contínuo ou de vigência determinada, e que impulsiona o desenvolvimento de programas, projetos ou ações pelos órgãos do Judiciário.

Já os projetos institucionais são os que visam ao cumprimento da missão, da visão e dos objetivos estratégicos do Poder Judiciário e do Conselho Nacional de Justiça, como iniciativas para criação ou aquisição de novos produtos ou serviços, as decorrentes das políticas judiciárias instituídas e outras ações determinadas pela Presidência como estratégicas ou de relevante impacto orçamentário. Com informações da assessoria de imprensa do CNJ.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 18 de dezembro de 2020, 21h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/12/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.