Consultor Jurídico

Casos polêmicos

Professor e promotor Roberto Senise Lisboa morre aos 54 anos em São Paulo

Retornar ao texto

Comentários de leitores

9 comentários

Do que?

Eloisa Nascimento (Advogado Autônomo - Civil)

Por que não divulgar a causa da morte?

Causa da morte

Alessandro Nunes Chagas (Outros)

Ele faleceu de parada cardíaca.

Par. Un. Do Art. 1.° c/c Art. 2° c/c SS 2° do Art. 5°

balai (Advogado Autônomo - Civil)

O jurista honesto e competente sabe das incongruências do nosso pretenso ordenamento jurídico que ao mesmo tempo estabelece critério democrático para a constituição dos órgãos das instituições que representam os detentores do poder originário, para depois isentar os órgãos de qualquer obrigação derivada do sistema democrático republicano, garantindo por uma meritocracia questionável-haja vista que após período probatório, os orgaos do judiciario adquirem no minimo a estabilidade podendo garantir a vitaliciedade sem ter que prestar contas ao patrão (O povo).
SEM JUDICIÁRIO INDEPENDENTE E ELEITO PELO VOTO DOS CIDADÃOS NUNCA HAVERÁ DEMOCRACIA NEM O FIM DA ROUBALHEIRA DISTORÇÕES E CORRUPÇÃO.

Ensinou, mas não aprendeu...

tmcastro (Odontólogo)

Era brilhante, mas a ganância sujou sua biografia. Que Deus o receba para continuar seu caminho evolutivo.

TACs e seu mau uso

Optimum Olho (Advogado Autônomo)

Os TACs (Termos de Ajustamento de Conduta) só deveriam ser feitos para disciplinar condutas que não encontram regulamentação legal clara, objetivando, de um lado, a proteção dos direitos dos consumidores, de outro lado, resguardar a empresa da voracidade da fiscalização do Poder Público, ávida por aplicação de multas exorbitantes em situações cinzentas. Servem aqueles, portanto, para traçar limite de atuação dentro de um campo de legalidade. É muito poder dado ao MP. Esse poder deve ser controlado e auditado internamente e todos os TAC's deveriam ser submetidos a controle externo a afastar riscos de contaminação pelos que sucumbem à tentação de alguma vantagem indevida.
O Conjur já noticiou aqui o infeliz caso de uma acusação desse naipe envolvendo uma grande rede de varejo e um membro do MP, que foi afastado. Sinal de alerta. Não é Escudeiro?

Um grande mestre

Prof. HAROLDO (Estudante de Direito - Tributária)

Excelente professor. Um dos grandes doutrinadores no Direito Civil. Meu orientador na graduação. Fará muita falta. Meus sentimentos e o agradecimento póstumo ao verdadeiro Lord que conheci e convivi.

Eternizado por sua obra

Luciano F. Santoro (Advogado Sócio de Escritório - Criminal)

Sempre gentil e atencioso, o Prof. Dr. Roberto Senise Lisboa, ainda muito jovem, parte para novos desafios e nos deixa uma obra fantástica. Descanse em paz, Professor, e que seja sempre lembrado por seus ensinamentos e carisma. Ao Conjur, determinadas informações não são necessárias na matéria e deletá-las seria respeitoso nesse momento. Que Deus conforte o coração dos familiares e amigos e lhes dê serenidade para entender esse momento.

Um ser brilhante

Anielle Santos Ferreira (Vendedor)

Lamentável como o falecimento do Senise foi postado neste site. Por mais que não tenham falado, nós alunos falamos: Senise era um professor incrível, abriu nossas mentes para todos os assuntos que passou, transmitiu todo conhecimento e alegrava nossas manhãs com seu jeito carinhoso e sempre terminava a aula torcendo que nossa semana fosse abençoada.
Roberto Senise deixará muitas saudades. Uma mente absurdamente iluminada. Muitos feitos na área acadêmica que será um eterno legado.
Nossos sentimentos aos familiares!

Brilhante mestre

O ESCUDEIRO JURÍDICO (Cartorário)

Brilhante Mestre, que honrou as letras jurídicas do Estado de São Paulo.
Meus sentimentos!

Comentar

Comentários encerrados em 10/12/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.