Consultor Jurídico

Fotógrafo dos presidentes

Supremo anuncia catálogo em homenagem a Gervásio Baptista

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, anunciou nesta quarta-feira (26/8) o lançamento de um catálogo em homenagem a Gervásio Baptista, célebre fotojornalista que registrou os trabalhos do STF por 17 anos (1999-2015).

O fotógrafo Gervásio Baptista (1923-2019)
José Cruz/Agência Brasil

"Apreciar a obra fotográfica de Gervásio, construída em oito décadas de fotojornalismo, é navegar pela história do Brasil e do mundo a partir de fragmentos eternizados pelo olhar sensível e perspicaz do homenageado", disse Toffoli.

Soteropolitano, Gervásio começou a fotografar ainda menino, incentivado pelo pai. Fotografou, por mais de seis décadas, os chefes de Estado brasileiros, razão pela qual ficou conhecido como o "fotógrafo dos presidentes".

É o autor de registros icônicos da história política brasileira, como a foto de Juscelino Kubitschek na inauguração de Brasília — de cartola na mão, acenando para o povo — e as últimas imagens de Tancredo Neves em vida. Também foi o fotógrafo oficial do presidente José Sarney (1995-1999).

"Quando Gervásio estava entre nós, a História pedia licença para a simplicidade. Era assim que ele compartilhava a sabedoria", disse o jornalista Ricardo Amaral.

Após uma já sólida carreira na imprensa brasileira, Gervásio foi convidado pelo então presidente do STF, ministro Carlos Velloso, para fotografar o cotidiano da Suprema Corte brasileira.

Foram 17 anos registrando a rotina de julgamentos e a atuação dos ministros, até aposentar em 2015.  Em 5 de abril de 2019, aos 95 anos de idade, Gervásio morreu em Brasília, cidade muito bem retratada por ele.

"Estou certo de que a publicação que está sendo lançada contribuirá para que a valiosa obra de Gervásio Baptista se eternize no patrimônio cultural brasileiro e na história do jornalismo e da imprensa no Brasil", finalizou Toffoli.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 26 de agosto de 2020, 16h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/09/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.