Consultor Jurídico

Ele de novo

Desembargador Eduardo Siqueira volta a andar sem máscara em praia de Santos

O desembargador Eduardo Siqueira, do Tribunal de Justiça de São Paulo, foi mais uma vez flagrado caminhando sem máscara em uma praia da cidade de Santos, desrespeitando decreto municipal que proíbe a circulação de pessoas sem o equipamento, fundamental para a proteção contra a Covid-19.

O desembargador voltou a tratar com desrespeito a GSM de Santos
Reprodução

No dia 18 do mês passado, Siqueira tornou-se notícia no Brasil inteiro por ter humilhado um integrante da Guarda Civil Metropolitana de Santos ao ser abordado por estar andando em uma praia sem máscara. Ele rasgou a multa que recebeu do guarda e ainda o chamou de "analfabeto".

Nesta quarta-feira (5/8), segundo reportagem do site G1, o desembargador foi filmado por uma moradora da cidade, que não quis se identificar, andando sem máscara em uma praia. De acordo com a moradora, ele colocou o equipamento assim que notou a aproximação uma viatura da GCM. Desta vez, Siqueira não foi abordado pelos guardas.

Em entrevista ao site, Siqueira disse não se lembrar se esteve na praia nesta quarta-feira e mais uma vez deu uma demonstração de desrespeito aos profissionais da GCM, referindo-se a eles com deboche.

"Uma coisa que eu ignoro são essas viaturas da guarda, esses meninos para cima e para baixo. Não dou a menor bola para eles, é um desprazer ver eles (sic) estragando, destruindo, poluindo a praia."

Por causa do incidente do mês passado, o ministro Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça, abriu uma reclamação disciplinar contra Siqueira. Martins deu ao desembargador o prazo de 15 dias para apresentar sua defesa prévia, período de tempo que ainda não terminou.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 6 de agosto de 2020, 11h21

Comentários de leitores

5 comentários

Vergonha para o Judiciário e pro CNJ

Walther S. N. (Bacharel)

Uma vergonha total ao judiciário e ao CNJ que mesmo com trocentas reclamações, não fez nada além de censurar.
Quer fazer com que o Juiz e Desembargador deixem de se sentir Deuses?
Simples, reforma no sistema de punições, façam com que multas saiam de sua futura aposentadoria, e aí o Sr Otoridade aqui entenderá que ele é cidadão servidor público também.
O pior é que não vejo nenhum outro juiz ou desembargador condenando a atitude dele, corporativismo é um veneno.

Guardas municipais não usem viaturas nas areias de praia...

LuizD'grecco (Outros)

Via turas da GUARDA MUNICIPAL com pneus infectados adentram as areias da praia pra multar o desembargador. Areia onde criança brincam.
NÃO USE MASCARAS INDISCRIMINADAMENTE – O uso indiscriminado de mascara é nocivo, mascaras se usam em locais de aglomeração tipo ônibus, metrô, barcas, aviões, em reuniões, mercados, feiras e comunidades tipo favelas onde o numero de pessoas aglomeradas é muito grande. O uso constante de mascaras reduz a qualidade do ar que respiramos e enfraquece os pulmões tornando-os mais vulneráveis ao Corona Vírus.

NÃO FIQUE EM CASA – Ficar em casa é uma boa opção para os que moram em imóveis amplos com poucas pessoas ou um numero de pessoas adequadas ao espaço. Mas se for morador de comunidades ou favelas onde o espaço das residências seja insuficiente para o numero de residentes, não fique em casa, saia e procure espaços arejados sem aglomeração.

Procure fazer exercícios respiratórios, caminhadas, tomar muito sol, e muitos sucos cítricos tipo de limão. Não entre em paranoia, se cuide com inteligência. E digo mais, se testar positivo faça como o nosso presidente tome hidro cloroquina imediatamente. Deus esteja conosco, assim venceremos.

“Como uma pessoa pode ser forçada por qualquer empresa ou entidade governamental a usar uma máscara (que afeta o sistema respiratório) sem fazer um exame físico pedido por um médico licenciado que aprova tal ação?” – Peggy Hall, da The Healthy American

O uso de máscaras traz uma série de ônus fisiológicos e psicológicos. Isso pode interferir no desempenho das tarefas e reduzir a eficiência do trabalho. Esses ônus podem até ser graves o suficiente para causar condições de risco de vida se não forem tratados.[1]

https://rothbardbrasil.com/pelo-direito-basico-de.../...

Assino embaixo

Rejane G. Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Concordo com o inteiro teor do comentário do Sr. Luiz.

Gordinho acima do peso e da lei

Palpiteiro da web (Investigador)

O dia em que esse gordinho for infectado pelo covid, talvez, aprenda a usar a máscara.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 14/08/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.