Consultor Jurídico

Refresco e pimenta

Procurador da "lava jato" pede na Justiça censura contra Valor Econômico

Retornar ao texto

Comentários de leitores

4 comentários

Reportagem tendenciosa

AC-RJ (Advogado Autônomo)

A imparcialidade passou bem longe da reportagem. O tratamento agressivo e irônico contra o procurador e a operação "lava-jato" é indisfarçável. Como exemplos, veja-se o curioso título "refresco e pimenta", que de jurídico não tem nada, e as palavras iniciais: "Um dos integrantes mais agressivos do pelotão de fuzilamento da autoapelidada "força-tarefa da lava jato"" (!!!)

Também é intrigante que o advogado de um ex-presidente, que não possui relação alguma com a matéria, foi ouvido, mas o principal personagem, o procurador, não foi.

Que censura???

drjago (Advogado Autônomo - Civil)

Ao que me consta, processar o veículo de mídia por calúnia,difamação ou injúria não significa
censura !!

O mesmo veneno

olhovivo (Outros)

Ah, como é "bom" sentir o sabor do mesmo veneno.

Quem gosta de censura realmente?

Schneider L. (Servidor)

Esse blog vive escrevendo editoriais para defender o inquérito da suprema inquisição do STF, defendeu Toffoli quando ele se autoproclamou o "editor universal" do país.

Blog sujo e hipócrita. Torço aqui para que o procurador entre com uma ação por indenização pelos termos e pela usual distorção que acontece nas matérias

Comentar

Comentários encerrados em 12/08/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.