Consultor Jurídico

Obra Coletiva

Escola da OAB lança coletânea da advocacia negra brasileira

Será lançada nesta terça-feira (4/8), às 19h, a obra Primeira Coletânea da Advocacia Negra Brasileira, pela Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil. O evento será virtual, com inscrições pelo site da instituição e exibição por seu canal no Youtube. 

O livro é tido como a maior obra coletiva dentro do Direito com traço racial e reúne artigos de advogadas e advogados negros. A organização foi feita pelo Frei David; a coordenação é de Irapuã Santana.

Os artigos tratam de temas como racismo religioso, cotas e autoimagem, além de seus efeitos sobre o povo negro e sobre o país nas áreas do Direito, Sociologia e Ciências Sociais.

Participam do lançamento Jorge Cavalcanti Boucinhas Filho, professor da Fundação Getúlio Vargas; Simone Henriquez, advogada e conselheira da OAB-SP; Frei David; e o próprio coordenador da obra, Irapuã Santana, doutorando e mestre em Direito Processual pela Uerj, ex-assessor do ministro Luiz Fux — no STF e TSE —, professor do Centro Universitário de Brasília e procurador do município de Mauá (SP). Também é consultor da Educafro e do movimento suprapartidário Livres.

"É uma oportunidade incrível de construção conjunta de uma obra elaborada pela comunidade negra, na qual muitos dos participantes dividiram conosco ser a primeira vez que escreveram um texto acadêmico. Desconstruímos os muros que limitavam esses talentos, lapidamos esses sonhos e transformamos em protagonistas pessoas que, até então, eram somente leitores e, neste momento, passam a ser produtores de conteúdo a ser refletido por quem está vindo", afirma Santana.                                                                                                   




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 3 de agosto de 2020, 21h21

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/08/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.