Consultor Jurídico

Procedimento virtual

Corregedoria conclui inspeção no TJ-SC e diz que objetivos foram alcançados

A Corregedoria Nacional de Justiça encerrou, nesta sexta-feira (17/4), a inspeção ordinária feita no Tribunal de Justiça de Santa Catarina. O procedimento, iniciado na última segunda-feira (13/4), foi feito de forma integralmente remota, como medida preventiva ao contágio do novo coronavírus.

CNJInspeção da Corregedoria no TJ-SC ocorreu de forma remota por causa da epidemia

O encerramento das atividades foi formalizado em videoconferência entre o presidente do TJ-SC, desembargador Ricardo Roesler, e o representante da corregedoria nacional, desembargador Ricardo Paes Barreto, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE), que supervisionou toda a inspeção.

“Essa foi a terceira inspeção remota levada a efeito pela Corregedoria Nacional do CNJ, em atenção às ações de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus. Tudo se desenvolveu com bastante eficiência, atingindo adequadamente os fins propostos, em todas as áreas de atuação do Tribunal do Justiça do Estado de Santa Catarina, e que será objeto de relatório, para oportuna submissão ao Plenário do CNJ”, disse o desembargador Ricardo Barreto.

O TJ-SC foi o 28º tribunal de Justiça inspecionado pela Corregedoria Nacional de Justiça. A próxima corte a passar pelo procedimento será o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3). A inspeção será realizada no período de 4 a 7 de maio, também de forma remota. Com informações da assessoria de imprensa do CNJ.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 17 de abril de 2020, 14h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.