Consultor Jurídico

Obituário

Coronavírus: Morre aos 86 anos Roberto Della Manna, ministro aposentado do TST

O ministro aposentado do Tribunal Superior do Trabalho Roberto Della Manna morreu nesta quinta-feira (16/4) aos 86 anos. De acordo com o TST, a morte ocorreu em decorrência de infecção pelo novo coronavírus. 

Segundo TST, morte ocorreu em decorrência de infecção pelo novo coronavírus
Reprodução

Formado em economia pela Universidade de São Paulo, Della Manna iniciou sua vida profissional como industrial em 1963.O ministro classista atuou no TST de junho de 1990 a junho de 1996.

Atualmente, era vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), onde também presidia o Conselho Superior de Relações do Trabalho. 

Em nota, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, lamentou a morte do amigo. "Sempre respeitado e admirado por todos, será lembrado por sua seriedade e competência. Seu saber jurídico era um norte no trato das questões trabalhistas e sindicais. A perda deste amigo querido é motivo de profundo pesar para nós. Minha solidariedade e meus sentimentos aos familiares e amigos", afirmou. 

O TST também prestou condolências à família de Della Manna e lembrou que, em fevereiro deste ano, o ministro aposentado chegou a participar da posse da nova direção do TST.

"A presidente do TST e do CSJT, ministra Maria Cristina Peduzzi, em nome da Corte, expressa seu profundo pesar pelo falecimento do ministro classista Roberto Della Manna, que atuou no Tribunal de julho de 1990 a junho de 1996. Os ministros do TST expressam solidariedade à família enlutada", diz a nota do TST.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 16 de abril de 2020, 19h29

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.