Consultor Jurídico

Interesse Público

Pedido da Câmara para Bolsonaro apresentar exame coloca presidente em saia justa

Retornar ao texto

Comentários de leitores

24 comentários

Reportagen tendenciosa

Marcelo Owczarek De Sá (Outros)

Acho que isso não deveria ser sequer reportagem aqui !!! Em nenhum lugar desses artigos fala em O PRESIDENTE, ou O CIDADÃO JAIR MESSIAS BOLSONARO tem que apresentar algo e sim ministros É subordinados A PRESIDÊNCIA !!! PUTZ, eu sou taxista ( mais NÃO idiota ) e vi que não tem nada, imagina o repórter ou o profissional que alegou que ele ira incorrer em crime !!! Nossa, teportagem TOTALMENTE TENDENCIOSA.

Chover no molhado

Rafael Ribeiro Trombetta Calheiros (Professor)

Não tenho esperanças de que nada seja feito contra esse presidente, em âmbito nenhum.
A esquerda se perdeu fazendo as mesmas besteiras que a direita fazia, e agora, a direita faz as mesmas besteiras que fazia antes e a esquerda continuou a fazer. As pessoas acham que acreditar em alguém ou em algo, e colocá-lo acima de qualquer dúvida ou contestação.
As pessoas acham que as claras são as coisas em que, e como, acreditam, e não se preocupam em pedir fatos e comprovações. Acreditar em tudo e em todos, seja de qualquer lado, jamais será algo bom.

Interesse Público

Daniela Baddini de Paula Rangel Moura (Advogado Autônomo - Civil)

O interesse público está acima dos "direitos" inerentes a pessoa do presidente. Quando o atual Min. Sergio Moro divulgou o áudio da conversa entre o ex-presidente Lula e a ex-presidente Dilma não houve problema afinal era interesse público. É obrigação do governo ser transparente, principalmentdiante da crise que estamos enfrentando. Se ele não teve a doença, qual o problema de divulgar o teste negativo? Além disso, apenas o fato do Presidente incitar parte da população a se expor, minimizando o risco comprovado por todo o mundo, já enseja responsabilidade.

Congresso = Prostíbulo (O 2º é mais honesto)

Eliel Karkles (Advogado Autônomo - Civil)

Este Congresso é uma vergonha, tenta atacar o presidente de todas as formas, querem cargos, dinheiro, fazer maracutaia, poucos se salvam. E a CONJUR (Esquerdista, vergonhosa), se presta a este papel. Qual o crédito que o portal merece? NENHUM. É inviolável a vida privada do cidadão. Isso é direito constitucional. Mas pelo visto nem o Congresso, Conjur e um "pseudo-juristas", são capaz de fazer a boa leitura da CF que já foi parcialmente enterrada pelo STF na data de ontem. Que vergonha, que lástima!

Vergonha é querer ser enganado

Rafael Ribeiro Trombetta Calheiros (Professor)

Oras, qual o problema da divulgação desse teste? Quem acredita nesse senhor com o cargo de presidente , deveria apoiar para que ele tente amenizar a imprudência dele. Mas aí invés disso ficam atacando os demais poderes pela ignorância e incompetência do presidente.

Câmara dos deputados se esquece que "O poder emana do povo"

Saulo Campos de Freita (Advogado Autônomo)

Engrosso o coro juntamente com os doutos advogados.
É vergonhoso ver um congresso que, em grande parcela (se não for em sua grande e esmagadora maioria), só legisla em causa própria.
Parlamentares que estavam acostumados com os presentes a cada presidência, como não conseguem isso na atual gestão, por que esse presidente veio pra fazer a diferença, agora se prestam a esse papel ridículo de exigir o que é inexigível.
O que deveriam fazer não fazem, que seria olhar para o próprio "rabo" e enxergar que não vão conseguir intimidar um presidente que está lá por que foi eleito legitimamente por eleitores de vergonha na cara e defensores de valores que a esquerda tem jogado no lixo há décadas. São eleitores que estavam cansados de votarem em canalhas como alguns que, por enquanto, ainda estão no poder.
Esse rodrigo maia não se enxerga, se presta a esse papelão ridículo e vai acabar provando do próprio veneno, pq ele se esquece que seu mandato tem prazo de validade.
Quando a "ficha" cair vai ser tarde pra todos esses "sujeitos" que se acham acima da lei.

Reportagen tendenciosa

Marcelo Owczarek De Sá (Outros)

Exatamemte o que pensei ! Esquerdista total e tendenciosa.

Coronavírus Bolsonaro

ADEVANIR TURA - ÁRBITRO - MEDIADOR - CONCILIADOR (Outros - Civil)

Lamentavelmente, o que estamos assistindo nessa crise de saúde, é um Congresso totalmente despreparado. Só na leitura do artigo, se verifica que não se aplica ao Presidente da República. Infelizmente, a gana desses politiqueiros tanto do Senado como da Câmara dos Deputados em derrubar o Presidente Bolsonaro, estão deixando-os sem inteligência. Aliás, meu filho de 12 anos é mais inteligente que esse Rodrigo Maia e alguns dos seus asseclas. Lamentável o uso desse COVID-19 para combater um Presidente como estão fazendo. Querem implantar o comunismo para escravizar o povo. O pior, e que os derrotados querem isso, com o pretexto de igualdade.

Urubus

Favery (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Mais de 50% dos congressistas atuais respondem s graves crimes . Não conseguiram nomear ministros e diretores de estatais como nos velhos tempos. A OAB vanguarda da sociedade na defesa de seus direitos trabalha a favor de governos contrários contra o Presidente Bolsonaro. Tramam de todas as formas cassar O mandato do povo. Se cuidem esses que acham que vão cassar o mandato sem uma intervenção. Talvez essa seja a senha!

Direito Personalissimo

roberto rocha (Advogado Associado a Escritório - Tributária)

O Presidente não é obrigado a revelar dados íntimos do cidadão Jair Messias Bolsonaro.
O pedido é ilegal. Não tem amparo legal.
Coisas da politicagem brasileira.Lamentavel!!!

Politização jurídica

Gustavo Silva Benevenuto (Funcionário público)

Confesso que não entendi o posicionamento do Ilmo. Dr. Lênio Streck - árduo defensor da Constituição, de sua superioridade, força, fundamentais à existência do Estado democrático de direito - que defendeu hipótese não prevista nela, como outros caros colegas já se manifestaram nós comentários supra e na própria matéria.

Épocas sombrias

Bruno Aresta de Mattos (Funcionário público)

Com o devido respeito dizer que o presidente incorreria nos crimes do art 131 e 132 do CP, seria o mesmo que dizer que uma pessoa que saiba estar com gripe, e cumprimenta outras pessoas tmb incorreria nestes crimes. Caso cheguemos a este raciocínio quero perguntar então: QUEM NÃO INCORREU NESSES CRIMES EM TODA SUA VIDA? Até mesmo uma criancinha. Outro ponto é o art 50 da CRFB que claramente se dirige a Ministros de Estado e subordinados a presidência, não alcança o Presidente e o crime de responsabilidade é cometido pelos ministros e não pelo Presidente, mesmo assim, a informação relevante que trata o artigo na condiz com algo de cunho pessoal. Sinceramente, até aceito pessoas comuns falando bobagens, mas somos operadores do Direito. Temos que nos abster de gostar ou não da pessoa que está no outro lado. Ultrapassaremos o coronavirus, mas o Direito brasileiro está vivendo sua época mais sombria, onde inúmeras inconstitucionalidades acontecem e os doutrinadores nada falam, não sei se nós recuperaremos disso tão rápido. Muito triste.

Pedido da Câmara para Bolsonaro apresentar exame

Sérgio Correia (Advogado Assalariado - Previdenciária)

Fica cada vez mais comprovada a cruel perseguição a Bolsonaro. Não me lembro de que tenha a Câmara pedido teste de alcoolemia para Lula ou de sanidade mental para Dilma

Ausência de dolo

KELSON SANTOS (Policial Militar)

Além da inviolabilidade citada pelo nobre colega, devemos lembrar o princípio "Nemo tenetur se detegere", o direito de não produzir provas contra si mesmo. Além disso, art. 31 do CP exige-se o elemento subjetivo do tipo dolo.

O dispositivo constitucional é claríssimo.

Vercingetórix (Advogado Autônomo - Civil)

Os destinatários da norma constitucional são bem delineados: Ministro de Estado ou quaisquer titulares de órgãos diretamente subordinados à Presidência da República.

Malgrado também considere importante a divulgação dessa informação, não será este dispositivo que irá caracterizar crime de responsabilidade pela omissão (eventual) do presidente.

Eu apenas acho engraçado a conveniência do Sr. Lênio Streck nas suas análises sobre a Constituição. A constitucionalidade ou não de uma medida depende mais de fatores externos do que da própria Constituição. Estamos de olho.

Transferência

Vinicius F Macedo (Outros)

Se o cidadão não quer ter a vida pública então não deve ser político ou exercer algo que é de natureza pública. Até porque o uso do que faz é de interesse e envolve o bem público. Ao meu ver tudo que é feito com recursos públicos e por um agente público, como o presidente e demais cargos, que não podem estar acima da Lei, devem responder requerimentos de informações sim. Qual o problema aliás em divulgar algo de interesse público de alguém que tem por obrigação ser o mais transparente? Vamos ver o que acontece.

Prontuario médico

Glaucio Manoel de Lima Barbosa (Advogado Assalariado - Empresarial)

O revanchismo é cruel. A Constituição Federal de 1988 garante a todas as pessoas a inviolabilidade de sua honra, imagem, intimidade e vida priva.
Será que estou lendo errado a Constituição ou a CONJUR só serve para os corruptos, lavradores de dinheiro e Botafogos da vida.

Interesses escusos.

Leonel Joaquim Costa (Professor)

Esse assunto no momento onde vidas são ceifadas pelo COVID-19, há relevância ou os poderes deveriam independente de conflitos ou ideologias, estarem unidos para o combater a pandemia. Então, fica um sentimento de que engarrafar fumaça é mesmo sério.

Cumprir a lei

Paulo... (Bacharel - Previdenciária)

Ele( Presidente) como chefe do executivo deveria dar exemplo...cumpra se a determinação da lei. Militar meia boca...

Paulo Sarraff - Administrador

Paulo Sarraff (Administrador)

Bom dia a todos, gostaria que o Sr. Gláucio quando efetuar comentários sobre a CF, informe quais Artigos falam sobre a honra e etc, assim fica mais fácil de colaborar com sua fala.
Agora, NÃO se pode culpar o site por opiniões própria, no que foi colocada os artigos e parágrafos sobre o assunto.
Concordo plenamente com o site, infelizmente os que se acham "bolsomínios" pensam e agem como tal. Temos um presidente lunático que foi eleito, mas lhe dar direitos de agir como quiser, é uma pessoa pública, tem deveres também como cidadão.

Comentar

Comentários encerrados em 23/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.