Consultor Jurídico

"Raça humana em risco"

Justiça do DF nega pedido para mulher sair de isolamento para alimentar gatos

A preocupação com animais não pode se sobrepor aos cuidados com os seres humanos. Com esse entendimento, a Vara do Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Fundiário do Distrito Federal negou pedido de associações de proteção aos animais para que uma mulher fosse liberada do isolamento social determinado pelas autoridades de saúde para alimentar um grupo de gatos que vive no Iate Clube de Brasília.

Para juiz, nesse momento, humanos devem ser mais protegidos do que gatos
123RF

As entidades alegaram que os bichos estariam passando fome. Como sempre foram alimentados por humanos, seriam incapazes de exercer seu instinto natural de animais predadores agora. Em sua defesa, o clube afirmou que fechou as portas em cumprimento ao Decreto do Distrito Federal 40.520/20 e às orientações da Organização Mundial da Saúde, referentes às medidas de contenção do contágio pelo novo coronavírus.

O juiz afirmou que as medidas de isolamento social, que visam a conter a propagação do coronavírus, se sobrepõem, no momento, aos cuidados com animais. "O amor pelos animais não pode justificar o desprezo pelo ser humano. No momento atual, não são os gatos, mas a raça humana que está em risco", avaliou.

Segundo o julgador, conceder autorização para a mulher desrespeitar a recomendação de isolamento social ameaça a vida de todos. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-DF.

Processo 0702310-14.2020.8.07.0018




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 14 de abril de 2020, 15h27

Comentários de leitores

5 comentários

Sentença

Antonio José de Almeida (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Sentença excelente e divagação cartorária muito boa aborda vários sentidos da vida no seu geral, mas a minha conclusão é bem mais simples mas com grande significado também, como diz aquela música, homem é homem e bicho é bicho, deixemos de valorizar mais os animais do que o ser humano, quem está pela bola 7 neste momento é a raça humana, tanto por causa do vírus como pela sobrevivência sua e de sua família por estar impedido de trabalhar, essa gente ou essa senhora irá alcançar um prato de comida ou um pão para um Pai de venha a sua casa pedir alimentos para seu filho? Vamos ser racionais, sentença só se discute nos tribunais, ordem dada executada.

Vis absoluta

Advocacia Contensiosa (Outros)

Inaceitável um confinamento improbo, como se leprosos fôssemos, ou subumanos. Esse cerceamento físico e psíquico é inaceitável, conflita com princípios da dignidade humana evoluída ( e pensávamos já superado o período medieval, de vis absoluta e trevas). Temos meios e recursos para bons exemplos, entendimento exposto com vênia.

Evolução por seleção natural

Dickson Ramon Santos de Araújo (Funcionário público)

Quem sabe ela obtenha sucesso ao interpor recurso se falar de evolução por seleção natural, além de um pouco de astrofísica. Acredito que a ciência já acabou com a ilusão que fomos projetados. Como o ser humano pode ser mais importante se ele, assim como qualquer outro animal, não foi criado com nenhum propósito especial? Simplesmente, aconteceu de os primatas se dividirem para nos formar. Se alienígenas visitassem a Terra (vamos supor que eles fossem bons, de acordo com nosso conceito) e perguntassem de onde viemos, não deveríamos ser sinceros e dizer que nosso ancestral comum com os primatas viveu há 7 milhões de anos? Ou não deveríamos dizer a nossos visitantes extraterrestres que a vida começou nos mares por volta de 3,5 bilhões de anos? As explicações sobre a origem desse vírus apontam que ele veio de morcegos ou do pangolim, animais tão produto da evolução quanto nós (e são nossos parentes). O ser humano, com certeza, também estaria "ameaçado" se os gatos estivessem transmitindo essa doença para nós, mas isso seria válido para qualquer outra espécie que nos "ameaçasse", porque nós, simplesmente, nos achamos o ápice da criação (aqui sem nenhum sentido divino). O que somos fora da atmosfera terrestre? O que somos diante do universo, que não está nem aí para nós? O que somos diante de nossa estrela (Sol), que possui um diâmetro de mais de 100 planetas Terra enfileirados? Por que precisamos nos preocupar com a diminuição da camada de ozônio? Por que a magnetosfera (não foi criada por nós) é importante? Somos tão frágeis quanto qualquer outro animal. Todos viajando nessa arca de Noé em torno de uma estrela, que é compartilhada com mais planetas.

Divagação

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Divagação sem qualquer fim.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 22/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.