Consultor Jurídico

Notícias

Compartilhamento de provas

Corregedor pede informações ao STJ sobre afastamento de Siro Darlan do TJ-RJ

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, solicitou ao ministro Luís Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça, o compartilhamento de informações do processo em que o desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) Siro Darlan é réu.

O desembargador é investigado por suposta participação em esquema de comercialização de decisões judiciais. O magistrado foi afastado de suas funções judicantes, pelo prazo de 180 dias, em decisão prolatada pelo ministro Salomão no último dia 9 de abril. Também foi autorizada a quebra do sigilo bancário do desembargador e o bloqueio de bens, carros e imóveis, conforme pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

No ofício encaminhado ao ministro do STJ, o corregedor nacional cita notícia veiculada na imprensa e solicita o compartilhamento das provas colhidas no âmbito da Operação Plantão – fase 2, para que sejam adotadas providências pela corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Com informações da assessoria de imprensa do Conselho Nacional de Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 14 de abril de 2020, 9h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.