Consultor Jurídico

Combate ao Coronavírus

STJ nega HC coletivo a todos presos em grupo de risco do coronavírus

Retornar ao texto

Comentários de leitores

4 comentários

Aplausos

O IDEÓLOGO (Cartorário)

A ordem social e jurídica deve ser mantida.
Não se pode tolerar que ímpios e pecadores retornem ao convívio social sem o cumprimento de suas penas.
O Homem deve seguir o caminho de Deus e não de outros homens, descumpridores de seus deveres sociais e cristãos.
A decisão merece aplausos.

Só penso.

Deisimarcia Rezende (Administrador)

Não parece muito sensata a justificativa do julgador. Uma vez que com 800 mil presos para fazer hc individual seria o mesmo que a justiça estivesse decidindo quem vive e quem morre. O judiciário não tem essa competencia. Uma vez que o Governo já decretou estado de calamidade. Até porque a lei prevê HC coletivo, logo não se justifica a ineficácia do pedido. Os presos já se encontram em estado de calamidade sem a pandemia de coronavirus que se alastra pelo mundo. Falta compromisso do judiciário com as vidas que estão aos cuidados do Estado. É o que penso.

Inacreditável

Roberto Albatroz (Advogado Autônomo - Criminal)

Ao pedir liminar, a defensoria pretendia que um só juiz decidisse sozinho questão afeta a centenas de juízes criminais. Para quê primeira e segundas instâncias, não é mesmo?

Excelente decisão

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Merece aplausos a decisão do eminente Ministro.
Não se pode aceitar a liberação de detestáveis, perigosos, insinuantes e protelatórios rebeldes primitivos, prontos a executar os seus ofícios ofensivos à lei de Deus.

Comentar

Comentários encerrados em 11/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.