Consultor Jurídico

Passatempo na quarentena

Startups jurídicas oferecem serviços gratuitos durante a pandemia

A startup jurídica MOL — Mediação Online disponibiliza desde esta quinta-feira (2/4) a sua plataforma para resolução de conflitos a todos os tribunais de Justiça do país de modo gratuito.

Startups jurídicas oferecem serviços gratuitos durante a pandemia da Covid-19
123RF

Todo o procedimento é feito online, desde o envio da carta convite via blockchain, ao agendamento com todos os participantes, a sessão por videoconferência, chat ou telefone até a assinatura eletrônica (tecnologia que dispensa o uso de certificado digital) do termo de acordo.

As sessões são gravadas e a plataforma conta também com um dashboard para a gestão e performance de resultados.

O Conselho Nacional de Justiça recomendou a adoção de meios eletrônicos e de videoconferência para a realização de mediação e conciliação de conflitos individuais e coletivos em fases processual e pré-processual.

"Apoiar o Poder Judiciário no enfrentamento dessa crise reafirma a nossa missão de democratizar o acesso a essas metodologias online de resolução de conflitos, trazendo maior eficiência ao sistema jurídico do Brasil", conta Melissa Gava, CEO da MOL.

Os órgãos integrantes do Poder Judiciário podem se cadastrar neste link para terem acesso gratuito à plataforma online de mediação e negociação.

Gestão de contratos
Outra startup que adotou medidas para apoiar os operadores de Direito durante a pandemia foi a Lexio, uma legaltech especializada em criação e gestão de contratos.

A proposta da empresa é que durante dois meses qualquer pessoa, de qualquer segmento, possa usar sua plataforma para criar, gerir e assinar contratos, tudo de forma eletrônica, sem a necessidade de encontros e assinaturas presenciais.

Para quem ainda não assina o serviço, todos os contratos, ferramentas de gestão, fluxos de aprovação e até três assinaturas eletrônicas mensais já estão liberados pelos próximos dois meses.

A ideia é que a plataforma seja incorporada no dia a dia da vida jurídica das empresas e escritórios durante esse período. Clique aqui para saber mais sobre a iniciativa.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 2 de abril de 2020, 21h39

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.