Consultor Jurídico

Medida preventiva

Conselho Federal da OAB suspende prazos e estende teletrabalho até 30 de abril

O Conselho Federal da OAB decidiu suspender os prazos de processos administrativos na entidade e estender o teletrabalho dos servidores até o dia 30 de abril, por conta da pandemia do coronavírus (Covid-19).

A medida está prevista na Resolução 17/2020, editada nesta terça-feira (31/3) pelo presidente da Ordem, Felipe Santa Cruz. Nela, a OAB ratifica seu entendimento de que é "extremamente necessária a adoção de medidas de contenção, prevenção e redução dos riscos de disseminação e contágio da pandemia do coronavírus". Com informações da Assessoria de Imprensa do Conselho Federal da OAB. 

Clique aqui para ver a resolução 




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 1 de abril de 2020, 11h34

Comentários de leitores

1 comentário

E o fim da escravidão moderna da OAB?

VASCO VASCONCELOS -ANALISTA,ESCRITOR E JURISTA (Administrador)

Por Vasco Vasconcelos escritor jurista e abolicionista contemporâneo. Há vinte e cinco anos OAB vem se aproveitando dos governos omissos covardes e corruptos para impor sua máquina de triturar sonhos e diplomas gerando fome desemprego depressão síndrome do pânico doenças psicossociais e outras comorbidades diagnósticas uma chaga social que envergonha o país dos desempregados. Até agora OAB já abocanhou extorquindo com altas taxas de inscrições e reprovações em massa mais de UM BILHÃO DE REAIS sem nenhuma transparência, sem nenhuma transparência sem nenhum retorno social sem prestar contas ao Egrégio TCU. Isso está corroborando para o aumento do caldo da miséria. Depois que no último EXAME caça níqueis OAB/FGV serem FLAGRADAS PLAGIANDO vergonhosamente questões de outra Banca examinadora para FERRAR ainda mais seus CATIVOS e aumentar o lucro da OAB, essa EXCRESCÊNCIA tem que ser sepultada URGENTE. Mas com esse omisso Congresso Nacional funcionando sob o cabresto imundo da OAB está difícil extirpar esse câncer. A escravidão foi a abolida há 131 anos mas até hoje as pessoas são tratadas como coisas para delas tirarem proveitos econômicos . Se as raposas políticas deste país de aproveitadores tivessem propósitos preocupadas com a geração de emprego e renda já teriam abolido de vez o trabalho análogo à de escravos a escravidão moderna da OAB. Basta aprovar em caráter de urgência o Projeto de Lei n.832 de 2019 do nobre Deputado Federal José Medeiros que dispõe sobre o fim do pernicioso, fraudulento, concupiscente famigerado CAÇA-NIQUEIS exame da OAB uma chaga social que envergonha o país dos desempregados e dos aproveitadores que lucram com o trabalho análogo à de escravos a escravidão moderna da OAB. FIM URG.ESCRAVIDAO MODERNA

Comentários encerrados em 09/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.