Consultor Jurídico

Petições raivosas

Advogado é suspenso nos EUA por destratar ministros de tribunal superior

Retornar ao texto

Comentários de leitores

4 comentários

Realidade concreta

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Prezado O IDEÓLOGO (Outros). Para que não passe por mentiroso e difamador, pode nos citar ao menos 3 casos concretos que dão sustentação a vossas afirmações?

Brazil

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Em um país chamado "BRAZIL" o advogado xinga, amaldiçoa, enfrenta, ameaça, manda..., lança impropérios contra juízes, promotores, procuradores, desembargadores, ministros e servidores públicos, e a estimada OAB simplesmente arquiva eventual processo administrativo, falando que ele está defendendo as prerrogativas.
Advogado tapuia é diferente de advogado anglo-saxão. Este civilizado, o primeiro, sempre na Amazônia.

Atendendo ao Comentarista

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Obrigado por sentir minha falta, prezado Gustavo P (Outros), mas acredito que não tenho muito a contribuir com o texto. A única consideração talvez cabível seria no sentido de observar que os juízes só adotaram alguma providência após a devida autorização da associação de advogados. Também se observa que o julgamento pelos juízes suspendendo o advogado se deu de forma a garantir a isenção, sem a atuação direta dos envolvidos com a questão. Trata-se, como se vê, de uma realidade muito diferente da nossa, na qual os juízes atuam em causa própria visando cercear a atuação legítima do advogado, e não investigam (por ter interesse pessoal) eventuais alegações de atuação indevida (que aqui no Brasil são a regra na atuação do Judiciário).

Nenhum comentário do MAP?

Gustavo P (Outros)

Cadê o Marcos Alves Pintar, não vai comentar essa notícia?

Comentar

Comentários encerrados em 2/10/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.