Consultor Jurídico

Notícias

Recuperação judicial

Credores da Livraria Cultura aprovam venda do sebo Estante Virtual

Por 

A Assembleia Geral de Credores do Grupo Cultura aprovou a venda do sebo online Estado Virtual, por R$ 44 milhões, e créditos tributários no valor de R$ 31,7 mil. 

WikipediaPedido de recuperação judicial da Livraria Cultura foi aprovado em abril

O pedido de recuperação judicial feito pelo grupo foi aprovado e homologado em abril.

O pedido de homologação da proposta ao juízo da recuperação foi protocolada na sexta-feira (13) da semana passada, de acordo com Fabiana Solano, sócia do Felsberg Advogados, que representa o grupo. Também foi ratificado o compromisso de pagamento dos credores.

Na ata enviada à Justiça, a livraria afirma que, "diante da manutenção da crise financeira aguda no Brasil, e diante da necessidade de geração de caixa, é essencial para a manutenção e soerguimento das atividades do Grupo Cultura que as recuperandas possam proceder a alienação de determinados ativos e UPIs que não têm, neste momento, importância estratégica para a operação".

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 19 de setembro de 2019, 19h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/09/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.