Consultor Jurídico

Notícias

Saindo de casa

Justiça concede progressão e Marcelo Odebrecht deixa prisão domiciliar

Por 

A Justiça Federal de São Paulo concedeu progressão de regime para Marcelo Odebrecht, que agora não precisa mais cumprir prisão domiciliar. O processo corre sob segredo de Justiça e a informação foi confirmada à ConJur pelos advogados do empresário. 

Marcelo Odebrecht estava desde dezembro de 2017 cumprindo pena em sua casaReprodução 

A prisão domiciliar estava prevista para durar até junho de 2020, mas Odebrecht conseguiu a progressão por ter conseguido ajudar a Justiça a comprovar denúncias que tinha feito no acordo de delação premiada. 

Marcelo Odebrecht ficou preso em regime fechado de junho de 2015 até dezembro de 2017. O empresário foi condenado na operação "lava jato" por pagar propinas a agentes políticos para garantir contratos com a Petrobras. 

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 12 de setembro de 2019, 18h17

Comentários de leitores

2 comentários

o crime compensa

radiocunha (Outros)

Os caras roubaram, enriqueceram, corromperam e agora estão livres, leves e "soltos", pra poderem se beneficiar daquilo que roubaram. Dane-se o Zé Povinho.

A mensagem do Judiciário é

Carlos (Advogado Sócio de Escritório)

A mensagem do Judiciário é:

Roubem, pratiquem corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e outros delitos grandes e graves QUE COMPENSA E MUITO. Basta ler a reportagem e deduzir...

Para que dinheiro para saúde, segurança e educação de nenhum magistrado colocará seu filho em escola pública ou ficará esperando 8 horas na fila do SUS. Traduzindo: f............ povo brasileiro

Comentários encerrados em 20/09/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.