Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Foi só falar de milícia

Marcos Arruda (Outros - Empresarial)

Incrível como foi só falar de milícia para aparecer um "Oficial" da PM para passar pano por seu amado presidente.

A pedra filosofal

Eduscorio (Consultor)

Tentam encobrir o fatídico ponto controverso (a mentira evidente) tentando desculpar o coitado do porteiro. Aqui os penalista navegam com fluência. Mas o atentado telemático da Globo divulgando com verdade uma notória "fake news" é o maior problema, pois se o porteiro tem parcos recursos para se defender do que supostamente disse, a gigante da imprensa nacional pode muito - tanto tentar destruir reputações como intrigar a Justiça com seus devaneios anti-governo (que lhe cobra dívida milionária).

Quem está manipulando o porteiro marionete?

Osvaldir Kassburg (Oficial da Polícia Militar)

O caso da mentira do porteiro contra o Presidente é muito mais grave do que um mero crime de denunciação caluniosa.
Afinal quem mandou o porteiro inventar essa mentira? Será que foram os mesmos que contrataram o Adélio para matar o Presidente Bolsonaro?
O porteiro recebeu dinheiro para isso; foi ameaçado; ou o fez de bom grado por ser PTista?
Como, quem e porque foi vazado para a Globo num processo com segredo de justiça?
Por que a #Globolixo, divulgou mesmo sabendo que era mentira?
Há um atentado contra a estabilidade do Estado, uma questão de Segurança Nacional, é assim que a questão precisa ser tratada.
A intenção da #Globolixo era desestabilizar o País. Uma emissora assim não pode ter concessão pública.
https://renovamidia.com.br/materia-da-globo-gera-convocacao-de-protesto-da-extrema-esquerda/?fbclid=IwAR2SPn_Ow9IkLYAa8LUXUKOus03Atyx3VuhmEkVFBTzco5GHE7bYuZf71Uc

O País da bandidolatria e os "doutos pensadores".

Osvaldir Kassburg (Oficial da Polícia Militar)

É impressionante como um falso testemunho tenta colocar o Presidente da República - que já sofreu atentado à faca quase vindo a óbito - no centro do duplo assassinato mais "badalado" da história da República, e os "vermelhos" querem nos convencer que se trata de um assunto de somenos importância, que o porteiro sequer deve ser punido, sugerindo que deve-se deixar prá lá.
No País da bandidolatria, influenciado por esse tipo de "doutos pensadores" não é de se estranhar que tenhamos, no governo da "Presidenta" chegado a 175 assassinatos dia, com um índice de 8% de esclarecimento por parte do Estado, enquanto os doutos entoam o mantra do "excesso de punitivismo".

Ótimo Texto

Dr. Aureliano Russo (Advogado Autônomo)

O autor foi objetivo e direto aos pontos polêmicos. Visão inteligente e perspicaz.

Comentar

Comentários encerrados em 8/11/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.