Consultor Jurídico

Notícias

Luto na classe

Morre jurista Jacob Dolinger, especialista em Direito Internacional Privado

Reprodução/Youtube

Morreu neste domingo (27/10), o professor Jacob Dolinger,  aos 84 anos. Especialista em Direito Internacional, ele foi professor titular aposentado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), local onde formou-se e fez doutorado.

Jacob Dolinger nasceu em Antuérpia, na Bélgica, em 1935, de pais nascidos na Polônia e radicados na cidade. Foi convidado diversas vezes para lecionar como professor visitante em Universidades americanas e israelenses.

Referência em Direito Internacional Privado, Direito Comparado e direito estrangeiro, o jurista é autor de diversas obras, como: Direito Internacional Privado (co-autoria com Carmen Tibúrcio); Direito Internacional Privado: a Criança no Direito Internacional; Direito e Amor.

Dentre seus alunos, Dolinger teve o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, que o citou em depoimento para os 70 anos da Uerj como "um professor verdadeiro, era um estudioso que publicava regularmente".

Segundo Barroso, Dolinger era "um homem judeu, ortodoxo, conservador, e que não pensava politicamente nada em comum comigo, mas era um acadêmico". 

Leia abaixo a nota divulgada pela professora Carmen Tibúrcio, da coordenação do curso de Direito da Uerj:

"Queridos colegas professores,
É com tristeza que comunico o falecimento do prof. Jacob, ocorrido em Israel.
O prof  Jacob Dolinger foi professor titular de direito internacional privado desta Casa e também diretor do Centro de Ciências Sociais. Porém, mais do que isso, foi um educador e um professor no sentido mais nobre da palavra. Ele tinha um verdadeiro prazer no magistério e adorava ajudar os alunos. Me recordo de ouvi-lo dizer, mais de uma vez, que seus dias de aula eram os seus dias mais felizes.
Vários de nós tivemos o privilégio de sermos seus alunos e muitos, como eu, fomos muito influenciados e ajudados por ele.
O seu falecimento é uma perda para o direito internacional privado e para esta Casa. E ele permanecerá vivo nos corações e mentes de seus alunos. 
Ele costumava dizer que ser professor é uma forma de imortalidade. Seus ensinamentos e exemplo continuarão em nós, que  tivemos a sorte de tê-lo como professor.
Bjs com carinho em todos,
Carmen Tibúrcio"

* Notícia alterada às 16h47 para acréscimo de informações

Revista Consultor Jurídico, 27 de outubro de 2019, 13h19

Comentários de leitores

1 comentário

Professor jacob

O IDEÓLOGO (Outros)

O professor lançou vários livros sobre Direito Internacional, apesar de um advogado de minha cidade (o único com conhecimento razoável sobre o referido ramo) ter avaliado, de forma pouco elogiosa.

Comentários encerrados em 04/11/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.