Consultor Jurídico

Prisão em 2ª instância

É impossível devolver a liberdade perdida ao cidadão, defende Marco Aurélio

Retornar ao texto

Comentários de leitores

23 comentários

Fomentando o medo e o sentimento de pânico

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Ao contrário do que tenta apregoar o comentarista Professor Edson (Professor) em seus delírios, juízes aplicam a lei. Se alguém considera que a aplicação da lei pode levar à soltura do que ele considera como "bandido", ou mesmo outras consequências supostamente graves, tal questão não é da competência do julgador. Se os delírios do Comentarista citado fossem válidos para julgamentos, nenhum juiz poderia julgar coisa alguma, pois sempre haverá consequências graves caso fossemos teorizar. Alguém que ingressa com uma ação requerendo pagamento de pensão alimentícia, por exemplo, poderia sofrer um acidente automobilístico ao se encaminhar para a audiência, e falecer. Milhares de outras consequências podem ser antevistas, e caso fossemos nos preocupar com isso a vida de todos se transformaria num caos. Comentaristas com o Professor Edson (Professor) são mentes que tentam fomentar nas massas a ideia de pânico, de medo, visando criar desordem. Porém, muito embora nenhuma lei, juiz, tribunal ou comentarista irão acabar de uma vez por todas com os crimes (ninguém conseguiu isso até hoje) o respeito a lei é incontestavelmente o caminho seguro quando o assunto é reprimir a criminalidade.

Sonho

Professor Edson (Professor)

Com esse argumento acabou de soltar um chefe do PCC condenado, esse ministro é o sonho do crime.

Não há isonomia na fala do ministro

Ernandes Lima (Outro)

Pergunto ao Min. marco Aurélio. A vítima do crime de homicídio, terá uma segunda chance? A vítima do crime de latrocínio terá uma segunda chance? Elas recuperarão a liberdade delas?

Comentar

Comentários encerrados em 31/10/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.