Consultor Jurídico

Previsão de placar

Marco Aurélio aposta em decisão contra a prisão em segunda instância

Retornar ao texto

Comentários de leitores

7 comentários

Comentário

Afonso de Souza (Outros)

Ao Clécio Parreiras, Administrador, Professor sitário, Apose (Administrador):

Não foi a Lava jato que se corrompeu, foram os políticos que ela pegou.

Não é bem assim

Afonso de Souza (Outros)

Ao Clécio Parreiras, Administrador, Professor sitário, Apose (Administrador):

O "lamaçal" não estava em Curitiba, ou na Lava Jato, mas sim na administração pública e sua relação com empresários corruptos, em especial nos anos do PT à frente do Governo Federal.

Segurança jurídica

Clécio Parreiras, Administrador, Professor sitário, Apose (Administrador)

Se não restar nem a Constituição, a quem iremos recorrer, se até a Lava Jato se corrompeu por ela própria, por seus membros? Foi preciso um estrangeiro, sem vínculo empregatício com a mídia nacional para conhecermos o lamaçal jurídico que imperava em Curitiba, atingindo a todos. Um procurador mimado, criado pela avó materna, e um Juiz que se sentia Deus puseram tudo a perder. Só uma verdadeira limpa poderá restabelecer a credibilidade na Justiça.

STF - uma triste vergonha

Max (Advogado Autônomo)

Foi-se o tempo em que eu, quando estudante universitário, cria no Estado de Direito e na defesa do cidadão. O STF mostrou-se pendente apenas ao Réu, esquecendo que na equação do processo criminal, também existe a vítima, que sempre resta desprotegida. O senhor Marco Aurélio é apenas o exemplo de um tipo de juristas que não se importam com o efeito danoso de seus despachos na sociedade. Preferem crer em suas teses, que não se amoldam à nenhuma realidade. Só à realidade que eles querem crer. Pena, triste, vergonhoso e desastroso.

Ministro pipoca

Professor Edson (Professor)

Será que o Moraes vai pipocar? Seria muita hipocrisia

Aposta "coisa" nenhuma

Paulo H. (Advogado Autônomo)

Hipocrisia pouca é bobagem. Os coveiros da Lava Jato - e da esperança dos brasileiros por um país livre da corrupção sistêmica - formaram maioria. Inclusive com mudança de "entendimento" de ministros.

Mas....

Geraldo Gomes (Administrador)

Mas quando o Toffoli decidiu sobre barrar investigações baseadas no Coaf do Flávio Bosonaro, também barrou todos os casos parecidos. Então os casos são bem parecidos.

Comentar

Comentários encerrados em 25/10/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.