Consultor Jurídico

Notícias

Liberdade de expressão

TRF-2 nega recurso da União e mantém edital da Ancine com projetos LGBT

Comentários de leitores

2 comentários

Deve responder por improbidade administrativa o responsável

João Afonso Corrêa OAB RS 116.282 (Advogado Autônomo)

visto que tal portaria claramente violou os princípios da legalidade, da impessoalidade e da moralidade, além do princípio da economicidade, tendo em vista os gastos com a movimentação do judiciário para resolver tal questão.

Dúvida

Ian Manau (Outros)

Curiosamente, salvo engano de minha parte, nunca ouvi falar dessa galera LGBTHIJK se reunindo pra doação de cestas de Natal ou agasalhos às pessoas menos favorecidas. O mundo tá cheio de pobres que só pedem um pedaço de pão. Eles vêem isso?

Comentar

Comentários encerrados em 19/10/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.