Consultor Jurídico

Notícias

Consequência automática

Perda de cargo público é automática em condenação por tortura

Comentários de leitores

1 comentário

Dois pesos e duas medidas

Advogado José Walterler (Advogado Autônomo - Administrativa)

Entendo que esse ex-servidor militar estadual MERECIA ser penalizado, haja vista o excesso quando da prisão do LADRÃO; Nada obstante, creio que deu-se EXCESSO na aplicação da sanção pelo STJ e isso digo comparando com decisões do próprio STJ entre outras Cortes, APOSENTANDO COMPULSORIAMENTE magistrados reconhecidamente CORRUPTOS, vendedores de SENTENÇAS e outras anomalias próprias de MAFIOSOS travestidos de "juízes". Infelizmente está em plena vigência o dize do saudoso Rui Barbosa que que "A PIOR DITADURA É A DO PDOER JUDICIÁRIO, POIS NÃO SE TEM A QUEM RECORRER" e é o que estamos vivendo nos dias atuais.

Comentar

É necessário se identificar fazendo login no site para poder comentar.
Não tem conta na ConJur? Clique aqui e cadastre-se!