Consultor Jurídico

Notícias

"Contra minha pessoa"

STF notifica Bolsonaro a explicar acusação contra ONGs no caso das queimadas

Por 

O presidente Jair Bolsonaro foi notificado a dar explicações sobre sua declaração de que ONGs poderiam ser responsáveis pelas queimadas recentes na floresta Amazônica. A medida foi tomada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. 

Presidente Jair Bolsonaro disse que ONGs poderiam queimar floresta e depois colocar culpa em seu governo

O pedido foi feito pela Associação Alternativa Terrazul, e o ministro acolheu: "Verificando, em uma primeira análise, a pertinência do pedido, notifique-se o interpelado para apresentar explicações, instruindo o ofício com cópia da peça inicial e desta decisão. Publique-se".

Bolsonaro não tem obrigação de se manifestar. A fala do presidente foi no dia 21 de agosto, no auge da crise das queimadas na floresta. “Então, pode estar havendo, sim, pode, não estou afirmando, ação criminosa desses ‘ongueiros’ para chamar a atenção contra a minha pessoa, contra o governo do Brasil. Essa é a guerra que nós enfrentamos”, disse. 

PET 8344

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 5 de outubro de 2019, 14h41

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/10/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.