Consultor Jurídico

Notícias

Últimas homenagens

Desembargador Marco Antonio Marques da Silva se aposenta do TJ-SP

O desembargador Marco Antonio Marques da Silva participou nesta quinta-feira (3/10) de sua última sessão na 6ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo antes de se aposentar após mais de 35 anos atuando na magistratura paulista. Ele recebeu homenagens dos colegas de tribunal.

TJ-SPDesembargador Marques da Silva participa de sua última sessão no TJ de São Paulo

"Há, neste momento em que se aproxima a aposentadoria do nosso homenageado, um verdadeiro paradoxo: é um momento de tristeza e ao mesmo tempo muito especial", afirmou o vice-presidente do TJ-SP, Artur Marques. "É um vitorioso pelo caminho que trilhou, aonde chegou e ainda chegará. Foi um prazer judicar com Vossa Excelência e é uma honra para o TJ-SP escrever seu nome nos corredores e nos anais de sua história", completou o corregedor Geraldo Pinheiro Franco.

O presidente da Seção Criminal, desembargador Fernando Torres Garcia, traçou uma linha do tempo, desde o início da carreira de Marques da Silva até a ascensão ao cargo de desembargador. “Carreira brilhante e dedicada, sempre foi um apaixonado pela Justiça do nosso estado, cuidando de enaltecê-lo nos mais variados rincões do país. O desembargador Marco Antonio é daquelas pessoas que deixam raízes e principalmente um vasto legado”, afirmou.

Marques da Silva agradeceu bastante as homenagens: “Com a mesma emoção e altruísmo que ingressei no Poder Judiciário Bandeirante, em janeiro de 1984, mantenho o espírito inquieto almejando mudanças; mudanças que possam fazer que a dignidade da pessoa humana não seja algo retórico, mas se efetive e alcance a todos os nossos semelhantes. Desejo que nunca percamos nossos sonhos e que possamos transformá-los, realizá-los em favor de nossos irmãos”.

Nascido em Itapetininga, em 1958, Marco Antonio Marques da Silva se formou em Direito pela PUC-SP em 1981. Ingressou na magistratura em janeiro de 1984, nomeado juiz substituto da 12ª Circunscrição Judiciária, na Comarca de São Carlos. Ao longo da carreira, também trabalhou nas comarcas de Palmeira D’Oeste, Monte Alto, Diadema e São Paulo. Em 2002, foi removido para o cargo de juiz substituto em segundo grau e tomou posse como desembargador do TJ-SP em dezembro de 2007. Com informações da assessoria de imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 4 de outubro de 2019, 18h35

Comentários de leitores

2 comentários

Vai tarde.

João B. G. dos Santos (Advogado Autônomo - Criminal)

Tarde mesmo.

Desembargador marco antônio marques da silva

O IDEÓLOGO (Outros)

Um gigante no TJSP.

Comentários encerrados em 12/10/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.