Consultor Jurídico

Notícias

Impeachment de Trump

Audiências públicas não mudam opinião de 65% dos eleitores dos EUA

Por 

Pesquisa divulgada nesta terça-feira (19/11) revelou que, neste momento, 65% dos eleitores registrados dos EUA estão com a cabeça feita e não vão mudar de opinião sobre o impeachment do presidente Donald Trump, aconteça o que acontecer nas audiências públicas ou durante o processo de investigações para efeito de impeachment pela Câmara dos Deputados.

Maior percentual de eleitores que não vão mudar de ideia está entre os republicanos, do partido do presidente Trump.
Fotos Públicas

Entre os eleitores registrados no Partido Democrata, 68% declararam que não vão mudar de opinião. Entre os eleitores do Partido Republicano, 73% já estão de cabeça feita. E 56% dos eleitores sem partido – ou que não pertencem nem ao Partido Democrata, nem ao Republicano, também não vão mudar de ideia.

Mas os eleitores que admitiram que podem mudar de opinião atribuem valor às investigações. No geral, 30% dos eleitores declararam que as audiências públicas podem impactar suas opiniões. Foram 25% dos democratas, 24% dos republicanos e 39% dos independentes.

Pergunta da pesquisa: as investigações do processo de impeachment podem mudar sua opinião?

 

Sim

Não

Incerto

Geral

30%

65%

5%

Democratas

25%

68%

7%

Republicanos

24%

73%

3%

Independentes

39%

56%

5%

Essa posição dos eleitores em relação aos procedimentos do impeachment, neste momento, pode ser transportada, com mínima margem de erro, para as eleições presidenciais, bem como para senadores e deputados, de 2020: poucos eleitores vão mudar sua intenção de voto, aconteça o que acontecer no processo de impeachment.

E o que vai acontecer é bem previsível neste momento — a não ser que alguma coisa excepcional aconteça até novembro de 2020, o impeachment será aprovado pela Câmara dos Deputados, mas Trump será absolvido no Senado.

Isso foi confirmado pela pesquisa da NPR/PBS NewsHour/Marist, realizada de 11 a 15 de novembro: 86% dos eleitores democratas apoiam o impeachment (a Câmara, que vai declarar o impeachment, tem maioria democrata); do lado republicano, 83% se opõem ao impeachment (o Senado, que vai julgar o impeachment, tem maioria republicana).

Pergunta da pesquisa: Com base no que ouviu ou leu sobre as audiências públicas, você apoia o impeachment?

 

Sim

Não

Incerto

Não importa

Geral

47%

41%

7%

5%

Democratas

86%

6%

6%

2%

Republicanos

11%

83%

3%

3%

Independentes

45%

45%

4%

6%

Sobre o principal objeto das investigações da Câmara, neste momento, o pedido do presidente Trump ao presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, para investigar seu mais provável rival nas eleições de 2020, o ex-vice-presidente democrata Joe Biden, 70% dos entrevistados declararam que isso não é aceitável.

Isso inclui 53% dos eleitores republicanos entrevistados. Mas eles acham que isso é motivo para aprovar o impeachment de Trump? De uma maneira geral, eles acham que isso é errado, mas boa parte não tem certeza se isso é razão para impeachment.

Eleições 2020
O presidente Trump irá provavelmente ser candidato à reeleição, apesar de haver três candidatos dispostos a desafiá-lo em eleições primárias. Sua base eleitoral é muito forte.

No lado democrata, existem 13 pré-candidatos no páreo, mas três quartos dos eleitores do partido ainda não têm preferência por um deles em particular. Na verdade, um terço dos eleitores não estão satisfeitos com nenhum deles.

A pesquisa também pediu aos eleitores de todos os partidos para fazer um exercício de imaginação, para idealizar um(a) presidente para os Estados Unidos.

Pergunta da Pesquisa: Você preferiria votar em alguém que fosse ou tivesse:

Eleitores registrados – nacionalmente

Mulher

71%

Homem branco

58%

Empresário

54%

Gay ou lésbica

53%

Menos de 40 anos

52%

Mais de 70 anos

38%

Socialista

20%

Democratas e independentes que preferem democratas

Mulher

83%

Gay ou lésbica

69%

Menos de 40 anos

62%

Homem branco

53%

Socialista

37%

Empresário

34%

Mais de 70 anos

31%

Republicanos e independentes que preferem republicanos

Empresário

78%

Homem branco

65%

Mulher

59%

Mais de 70 anos

45%

Menos de 40 anos

42%

Gay ou lésbica

37%

Socialista

3%

Independentes

Mulher

71%

Homem branco

54%

Gay ou lésbica

53%

Menos de 40 anos

51%

Empresário

48%

Mais de 70 anos

33%

Socialista

21%

De todos os candidatos idealizados, os que parecem ser menos aceitáveis são os classificados como “socialistas”. Dos cinco candidatos democratas no topo das preferências dos democratas, três lançaram bandeiras consideradas socialistas nos EUA. No geral, apenas 20% dos entrevistados gostariam de ver um “socialista” no poder.

Na outra ponta das preferências nacionais está uma mulher para presidente (com 71% no “índice” de idealização dos eleitores. Uma mulher seria uma candidata de preferência dos democratas (83%), dos independentes (71%) e menos dos republicanos (59%).

 é correspondente da revista Consultor Jurídico nos Estados Unidos.

Revista Consultor Jurídico, 20 de novembro de 2019, 13h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/11/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.