Consultor Jurídico

Notícias

Falta de respeito

CNJ manda desembargador do TJ-SC explicar conduta gravada em vídeo

O desembargador Jaime Machado Júnior, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, terá que explicar sua conduta em um vídeo, em que ele cita o nome de cinco juízas, também do TJ catarinense, com "dizeres inapropriados".

A determinação é do corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, ao analisar memorando encaminhado pela conselheira Iracema Vale e ofício enviado pela conselheira Maria Tereza Uille Gomes. 

"O magistrado foi autor de palavras profanas e protagonista de registro audiovisual que avigora a objetivação da mulher e acirra a desigualdade de gênero, o que vai de encontro às políticas de proteção, assistência e combate à violência contra a mulher, que vem sendo desenvolvidas pelo CNJ", apontou Maria Tereza Uille.

Para o ministro, a narrativa dos documentos aponta que o desembargador praticou ato que, em tese, caracteriza conduta que viola os deveres dos magistrados. Ele terá 15 dias para prestar informações. 

Humberto Martins considerou ainda reportagens que trazem nota do desembargador admitindo seu erro. O magistrado diz ainda que isso deve servir de lição para ele e outros homens. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Revista Consultor Jurídico, 28 de março de 2019, 16h48

Comentários de leitores

1 comentário

Triste!

Neli (Procurador do Município)

Muito triste isso O Juiz é juiz 24 horas por dia em público. "Noblesse Oblige"! Um deles é ter postura 24 horas por dia. O Juiz deve se portar de modo a elevar sempre o Poder Judiciário. Não pode manifestar sobre política e sobre determinados fatos.Não pode porque perderia o princípio maior da Carreira imparcialidade.E um juiz se manifestar com palavras chulas, também perde a imparcialidade , porque amanhã ou depois poderá julgar um caso de "assédio" e como seria? Como uma mulher receberia a decisão?

Comentários encerrados em 05/04/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.