Consultor Jurídico

Notícias

Carreira acadêmica

Com 19 anos, advogada mais jovem do país recebe carteira da OAB

Aos 19 anos, a mineira Gabriela Bueno de Oliveira Dias é a advogada mais jovem do país. Ela receberá a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil nesta quinta-feira (28/3), no salão do júri do Fórum da Comarca de Guaxupé, em Minas Gerais.

Revista Consultor Jurídico, 27 de março de 2019, 19h14

Comentários de leitores

5 comentários

Advogada mais jovem

Advogarcia-Sebastiao Garcia (Advogado Assalariado - Civil)

Boa ideia. Vamos nos juntar e encaminhar a sugestão ao Presidente da República? Se não "funcionar", apelaremos ao Congresso Nacional.

Só falta agora aprovar um índio. Respeite o primado do trab

VASCO VASCONCELOS -ANALISTA,ESCRITOR E JURISTA (Administrador)

Presidente Jair Bolsonaro ajude-nos abolir o trabalho análogo a de escravos a escravidão contemporânea da OAB. Por Vasco Vasconcelos, escritor e jurista
Quero saudar o nosso Presidente da República, Jair Bolsonaro, por ter saído em defesa da libertação de cerca de 300 mil cativos ou escravos contemporâneos da OAB, devidamente qualificados pelo Estado (MEC), jogados ao banimento sem direito ao primado do trabalho, num verdadeiro desrespeito à Constituição e a dignidade da pessoa humana. Antes da promulgação da Lei Áurea, era legal escravizar e tratar as pessoas como coisa, para delas tirar proveito econômico. A história se repete: Refiro-me a excrescência do pernicioso famigerado caça-níqueis exame da OAB, cuja única preocupação é bolso de advogados qualificados pelo Estado (MEC), jogados ao banimento, renegando pessoas a coisas. Presidente Bolsonaro mire-se na LEI Nº 13.270/2016 (...) “Art. 6º A denominação ‘médico’ é privativa do graduado em curso superior de Medicina reconhecido e deverá constar obrigatoriamente dos diplomas emitidos por instituições de educação superior credenciadas na forma do art. 46 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (LDB), vedada a denominação ‘bacharel em Medicina’.”
Destarte rogo tratamento igualitário para aos milhares de bacharéis em direito ( cativos das OAB), e proponho a edição de uma Medida Provisória, a saber: ( ...)
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição (...)
Art. 1º o art. 3º da Lei nº 8.906 de 04 de julho de 1994, passa a vigorar com a seguinte redação: “Art.3º A denominação ‘advogado” é privativa do graduado em curso superior de direito reconhecido e deverá constar obrigatoriamente dos diplomas emitidos por instituições de educação superior credenciadas

Endosso o segundo parágrafo também...

Rodrigo Zampoli Pereira (Advogado Autônomo - Civil)

Endosso o segundo parágrafo também, do comentário da Dra. Neli (Procurador do Município).

Falhei no comentário anterior.

Atenciosamente,
<br/>Rodrigo Zampoli Pereira
OAB-MT 7198
OAB-SP 302569

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 04/04/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.