Consultor Jurídico

Comentários de leitores

7 comentários

Protecionismo Corporativista no Judiciário

Rzaidovicz (Outros)

Não precisamos dizer nada , vez que os Ministros Joaqui Barbosa (22/04/2009) e Luis Roberto Barroso( 26/10/2017) nos mostram ém tese como o STF administra as crises. Agora o cidadão comum não pode dar seu parecer (não pode ter voz) sobre os espetaculos apresentados.

Ditadura da Toga?

Tarcisio A. Dantas (Advogado Autônomo - Tributária)

Incrível como os digníssimos ministros se acham acima do bem e do mal. Como crianças mimadas, se põe no jogo e não suportam críticas; a ponto de uma "Ministro, o Supremo é uma vergonha" ser caso de voz de prisão. Que tempos são esses?

Por que tanto medo da lava-jato?

Benedito matador de porco (Outros)

Todos nós sabemos o a América Latina rumada para o abismo do comunismo, e estamos cheios de aspirantes a ditadores, agora desesperados, uns se agarrando aos outros, não sei como ainda não começaram a matança para queima de arquivo... e eles estão em todas instituições, inclusive essa que amordaça as pessoas enquanto pede respeito da democracia para nosso Presidente Bolsonaro, junto com MORO, a melhor coisa que já nos aconteceu ao Brasil.

Bloqueio de Contas

JCláudio (Funcionário público)

Como já dizia meu avô: Dê a oportunidade para alguém com o Poder e uma caneta, para ver de onde surgi o autoritarismo e o instinto para ser um ditador. E ai está, que coisa mais ditatorial como está. Não adianta bloquear, que surgiram outros mais. O melhor que o pessoal do STF tem a fazer, é ter um pouco de compostura e uma postura mais ética na hora de efetuar criticas a alguém. E não como tem feito atualmente.

Tentação totalitária

Rivadávia Rosa (Advogado Autônomo)

Bons tempos em que RUI BARBOSA, vislumbrava

"O Supremo Tribunal Federal é a instituição equilibradora, por excelência, do regímen, a que mantém a ordem jurídica nas relações entre a União e os seus membros, entre os direitos individuais e os direitos do poder, entre os poderes constitucionais uns com os outros sendo esse o papel incomparável dessa instituição, a sua influência estabilizadora e reguladora influi, de um modo nem sempre visível, mas constante, profundo, universal na vida inteira do sistema."

Porém, no “império da anomia” em que a Constituição e as leis, em alguns casos, se esgotam e se tornam uma ficção; e, as regras do jogo não escritas prevalecem, a chave para romper esse círculo vicioso está na recuperação dos valores democráticos e republicanos, afastando as “regras” mafiosas” de autoproteção disseminadas na comunidade nacional, sem exceção em nenhum estrato social.

OAB

O IDEÓLOGO (Cartorário)

A OAB quer ficar "bem na fita" e não vai fazer nada contra a investigação.

Cadê a OAB ? Afinal, o Judiciário está investigando...

daniel (Outros - Administrativa)

Cadê a OAB ? Não vai falar nada sobre investigação de ofício pelo Judiciário ?

Comentar

Comentários encerrados em 30/03/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.