Consultor Jurídico

Notícias

Caso internacional

Juliano Breda é nomeado para representar advogado preso na Itália pela "lava jato"

O advogado Juliano Breda foi nomeado para representar advogado Leonardo José Muniz de Almeida, preso em 28 de fevereiro na Itália pela Interpol a pedido da 13ª Vara Federal de Curitiba. 

Almeida é acusado de fazer a lavagem de dinheiro oriundo de propinas pagas pelo empresário Raul Schmidt para diretores da Petrobras. Nesta quinta-feira (14/3), Almeida obteve o direito de cumprir prisão domiciliar. Ele recebeu apoio de um grupo de 265 advogados. Seu processo tramita na 13ª Vara Federal do Paraná, sob o comando do juiz Luiz Antônio Bonat.

A nomeação foi encaminhada, nesta quarta-feira (13/3), pelo presidente do Conselho Federal da OAB Felipe Santa Cruz. Juliano Breda é coordenador do grupo criado pelo Conselho Federal da OAB para estudar o pacote "anticrime" proposto pelo ministro da Justiça, Sergio Moro. A expectativa é que o grupo anuncie um estudo na próxima semana (20/3).

Revista Consultor Jurídico, 15 de março de 2019, 18h54

Comentários de leitores

0 comentários

Ver todos comentáriosComentar