Consultor Jurídico

Notícias

Difundir práticas jurídicas

CNJ passa a integrar o Conselho Superior do Instituto Prêmio Innovare

Por 

O Conselho Nacional de Justiça passou a integrar formalmente o Conselho Superior do Instituto Prêmio Innovare com a assinatura de um termo de cooperação técnica entre as duas instituições.

Para o presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, a iniciativa vai possibilitar a melhoria da divulgação das boas práticas selecionadas pelo Prêmio Innovare para favorecer todo o sistema de Justiça. "Nossa união de esforços vai promover, otimizar e expandir a adoção de práticas reconhecidamente eficazes no aprimoramento do Poder Judiciário brasileiro", declarou.

Na avaliação do presidente do Instituto Prêmio Innovare, Sérgio Tamm Renault, o termo de cooperação técnica traduz a afinidade de propósito das duas instituições. "Ao longo de 15 anos, o Innovare se fortaleceu e adquiriu credibilidade, cumprindo o objetivo de valorizar e disseminar práticas que tragam melhoria ao funcionamento da Justiça", afirmou.

Prêmio
Neste ano, o Prêmio Innovare terá a promoção e defesa dos Direitos Humanos como destaque. A 16ª edição será lançada no dia 21 de março, no Superior Tribunal de Justiça. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até 25 de abril.

A comissão julgadora pretende premiar iniciativas que têm como objetivo principal criar mecanismos dar mais visibilidade para a defesa dos direitos humanos. As seis categorias a concorrer serão: tribunal, juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, advocacia, Justiça e cidadania.

Lançado em 2004, o Prêmio Innovare se propõe a identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento, modernização e bom funcionamento da Justiça no Brasil. A premiação foi criada e é mantida pelo Instituto Innovare, uma associação sem fins lucrativos.

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 13 de março de 2019, 16h57

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/03/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.