Consultor Jurídico

Comentários de leitores

44 comentários

John Gray

Thomaz felipe da Costa (Outros)

Excelente! Em “A Alma da Marionete”, John Gray afirma que o progresso técnico se presta muito bem para as ciências “físicas” e para a tecnologia propriamente dita; mas esse mesmo progresso técnico é muito nocivo quando transferido para para política, para a ética e ( por que nao?) para o direito. Creio ser uma das justificativas que infelizmente se fizeram necessárias no início da coluna de hoje.

Voo Cego

Henrique Delgado (Outros)

Prezado Professor,
Acompanho de perto este cenário por trabalhar em Tribunal e a crítica é extremamente acertada. Comparo com a seguinte situação: Os engenheiros projetam aviões que no futuro serão pilotados por....computadores, obviamente isto já ocorre hoje com uma diferença crucial, hoje há dois pilotos na cabine, o que se projeta são aviões sem pilotos, ou seja, voo 100% automatizado.
Ocorre que no meio do trajeto podem ocorrer situações não previstas em nenhum algoritmo e só a mente humana teria a capacidade de raciocinar e tomar uma ação fora do previsto para evitar a catástrofe. Em outras palavras se a situação estiver fora do escopo previsto é queda na certa e nada se poderá fazer a não ser chorar os mortos.

Resposta única

Levy Moicano (Jornalista)

Talvez Lenio não saiba, mas ele pratica o direito como um algoritmo, da mesma forma que um programador instrui um computador. Se cada questão no direito possui uma resposta única, e cabe ao julgador encontrar esta resposta, isto não é nada mais que um algoritmo.
Fundamentar tudo isto, para um programador, é a parte mais fácil. Ele consegue fazer isto de olhos vendados, tal qual Ivstitia.

Não adianta

John Paul Stevens (Advogado Autônomo)

Atirar pedras no coitado do Hermes não basta pra tornar sem sentido as palavras dos deuses.

Temos sido especialistas em atacar os mensageiros já há muito tempo. As mensagens...

Comentar

Comentários encerrados em 7/06/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.