Consultor Jurídico

Notícias

Luto na magistratura

Morre o desembargador aposentado Weber Martins Batista

Morreu nesta quarta-feira (29/5), aos 92 anos, o desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro Weber Martins Batista. Renomado jurista, ele foi um dos idealizadores da suspensão condicional da pena.

Ele foi também professor titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Atuou ainda na Comissão de Reforma do Código de Processo Penal e da Comissão Nacional de Interpretação da Lei dos Juizados Especiais.

Pelo Facebook, o advogado Geraldo Prado lamentou a morte do professor: "Hoje faleceu aquele que foi o meu primeiro mestre nas Ciências Criminais, quem me inspirou a estudar processo penal e me levou ao magistério".

"Grande figura humana!!! Conheci-o pelos livros e depois pessoalmente. Homem lúcido e extremamente gentil! Descansa entre os justos!", disse o advogado Alberto Toron, também pelo Facebook.

A Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiros (Amaerj) e o Instituto dos Magistrados do Brasil (IMB) publicaram nota de pesar.

Revista Consultor Jurídico, 30 de maio de 2019, 16h04

Comentários de leitores

1 comentário

Ótimo doutrinador

Hans Zimmer (Assessor Técnico)

Grande jurista, que infelizmente obteve bem menos reconhecimento acadêmico do que muitos hoje, que somente escrevem livros resumidos, esquematizados e pasteurizados.

Comentários encerrados em 07/06/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.