Consultor Jurídico

Notícias

Põe na tela

Datena e Band indenizarão homem por falsamente acusá-lo de estupro

Por 

O Superior Tribunal de Justiça manteve condenação ao jornalista José Luiz Datena e à Rádio Bandeirantes por chamar um homem de estuprador sem ter nenhum indício de que isso fosse verdade. Ambos terão de indenizar o caluniado em R$ 60 mil.

Datena e Band indenizarão em R$ 60 mil a homem que chamaram de estuprador
Divulgação

A decisão do STJ foi de rejeitar embargos que questionavam a indenização e acusavam o Tribunal de Justiça de São Paulo de omissão. Segundo o relator, ministro Luis Felipe Salomão, Datena abusou do direito de se expressar, ultrapassou  a barreira do animus narrandi e fez críticas  sem ter base para isso. 

A defesa do apresentador tentava também diminuir o valor da indenização, que já havia sido reduzida pela segunda instância para R$ 60 mil. Porém, o STJ não acolheu o pedido, e ressaltou que o valor não é nem exorbitante e nem ínfimo, por isso se encontra dentro dos parâmetros para danos morais. 

REsp 1.405.543
Clique aqui para ler o acórdão

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 30 de maio de 2019, 11h52

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/06/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.