Consultor Jurídico

Notícias

Menos pastas

Senado aprova estrutura do governo e devolve Coaf ao Ministério da Economia

O Senado concluiu a conversão da medida provisória de reestruturação do governo esta quarta-feira (28/5). Depois de acordo do presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), com o governo, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) voltou ao seu guarda-chuva de origem, o Ministério da Fazenda, hoje da Economia, frustrando os planos do ministro da Justiça, Sergio Moro, de juntar o órgão a entidades de investigação penal.

Senado mantém Coaf longe do Ministério da Justiça.
Jonas Pereira/Agência Senado

O Ministério da Economia, junção dos ministérios da Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio Exterior, foi mantido conforme a estruturação do governo.

A MP 870/2019 foi a primeira editada pelo governo Jair Bolsonaro, reestruturando o governo federal e reduzindo o número de ministérios de 29 para 22. Entre outras mudanças trazidas pela MP estão a extinção do Ministério do Trabalho e a retirada da Funai e da demarcação de terras indígenas do Ministério da Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 28 de maio de 2019, 23h18

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/06/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.