Consultor Jurídico

Notícias

Falta nas eleições

Justiça Eleitoral cancela mais de 2,4 milhões de títulos de eleitor no país

A Justiça Eleitoral cancelou 2.486.495 títulos de eleitor por ausência nas últimas três eleições. No total, foram cancelados:

  • Reprodução
    1.247.066, na região Sudeste;
  • 412.652 no Nordeste;
  • 292.656 no Sul;
  • 252.108 no Norte;
  • 207.213 no Centro-Oeste; e
  • 4.800 de eleitores residentes no exterior.

O estado de São Paulo lidera o número de cancelamentos, com 674.500 títulos cancelados; seguido do Rio de Janeiro (299.121) e de Minas Gerais (226.761).

Entre as capitais, a cidade de São Paulo também encabeça o ranking, com 199.136 documentos cancelados. Em seguida, estão o Rio de Janeiro (126.251) e Goiânia (39.841). A cidade de Belém, capital do Pará, teve apenas 12 títulos de eleitor cancelados.

Quem teve o título cancelado deverá pagar uma multa e, em seguida, poderá regularizar a situação no seu cartório eleitoral, levando documento de identificação oficial original com foto, comprovante de residência e o título, se ainda o possuir. Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

Revista Consultor Jurídico, 24 de maio de 2019, 19h38

Comentários de leitores

1 comentário

Descumprimentos

O IDEÓLOGO (Outros)

Os ex-eleitores realizaram descumprimentos da lei eleitoral. Aliás, com o nível de nossos políticos, o voto não deveria ser obrigatório.

Comentários encerrados em 01/06/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.