Consultor Jurídico

Notícias

Epidemia da mentira

ConJur transmite seminário sobre fake news com ministros do STF e jornalistas

A ConJur transmitiu em seus perfis no Facebook e YouTube o seminário "Fake News: Desafios para o Judiciário". O evento contou com palestras dos ministros do STF Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski,  do presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz, do diretor de redação da Folha de S.Paulo, Sérgio Dávila, e do diretor nacional de jornalismo do SBT, José Occhiuso Júnior. 

O objetivo era debater como a Justiça deve reagir diante da disseminação massiva de notícias fraudulentas que desnorteiam juízes, influem em decisões e instalam a noção de culpa antes mesmo dos julgamentos. 

Segundo a organização do evento, pretende-se distinguir os diferentes tipos e propósitos de notícias falsas: desde as que parecem mais inofensivas (“pegadinhas”, em geral em busca de visualizações ou sem objetivo algum a não ser o de enganar incautos) até as mais tóxicas, que buscam desmoralizar pessoas ou instituições.

Veja como foi o seminário:

Revista Consultor Jurídico, 24 de maio de 2019, 15h47

Comentários de leitores

1 comentário

O melhor controle

Ricardo Cubas (Advogado Autônomo - Administrativa)

Gostaria apenas de deixar registrado: a melhor estratégia de combate à Fakenews é simplesmente não fazer absolutamente nada.

Deixar que o próprio cidadão decida se está diante de uma fakenews, ou não.

Qualquer outra estratégia leva a algo tão pior quanto as fakenews: a censura.

Quem vai decidir se algo é fakenews ou não?

Agora, criar mecanismos para saber quem cria uma fakenews que incorra em calúnia, injúria ou difamação, pode ser implementado sem qq problema. Uma vez conhecido o autor, esse deve responder com os rigores da lei. Simples assim.

Comentários encerrados em 01/06/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.