Consultor Jurídico

Comentários de leitores

23 comentários

Constituição

vjnjcjus (Outro)

Deveriam ter convidado a constituição para ser prestigiada no evento, já que ela tem sido destroçada pelo STF. Ela, a constituição, tem sofrido tanto.

Patético

Belotto de Albuquerque (Outro)

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk que vergonha alheia. Um bando de presunçosos, falando em nome de toda uma classe de advogados para continuar forçando a barra nessa defesa patética do supremo. Não sei o que é pior, a mania de grandeza de acharem que representam algo e que são paladinos da democracia, ou a causa que estão defendendo

Funcionário público algum está isento de ser criticado ou escarniado. Supere isso. Não vai ser você e seu encontro de bourgeois que irá mudar isso.

Que vergonha...

MauricioC (Advogado Sócio de Escritório)

Professor Lênio, que papelão. STF, que papelão. OAB.... nunca me representou. Lamentável, lamentável, lamentável. Não existem ataques contra o STF. Existem críticas. Não existem as tais "fake news" - os sites censurados comprovaram isso. Lamentável, mais uma vez!

Outro tiro pela culatra...

CarlosDePaula (Advogado Autônomo)

Do articulista e do CONJUR (a qual vem disponibilizando, todos os dias, notícias desse encontro deplorável).

Faço minhas as manifestações de inúmeros comentaristas, dentre outros: Roberto Albatroz, Marcelo-Advogado, Thiago Bandeira e Schneider L.

Ainda bem que não sou o único a ser contra esse tipo de "evento". E ao que parece, levando-se em consideração a manifestação contrária de tantas pessoas, se os Associados de suas respectivas classes fossem ouvidos, não estaria ali nenhum representante.
OAB: você não me representa! Aliás, ninguém que ali estava me representa... que continuem a demonstrar seus interesses nessas "causas" para sabermos separar o joio do trigo.

Criticas e Respeito

AcacioAnselmo (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Uma coisa é fazer criticas baseadas em ações, outra é fazer ataques desprovidos de sentido jurídico. Enfrentar questões de ordem e decisões que ferem princípios constitucionais faz parte do dia a dia do embate jurídico entre advogados e magistrados. O que nossos juristas defendem é a critica fundada no debate aprofundado do direito. Não estes ataques verborrágicos que vem de pessoas desqualificadas, que jogam para a patuleia, pessoas que não conhecem a essência do direito constitucional. Poderíamos chamar tais ataques de bolivarianismo miliciano de direita. Mas, a CF, a democracia, o STF e as instituições sempre serão maiores que os jipes e seus borracheiros!

Viva o STF

Advogado militante (Advogado Assalariado - Civil)

Os que querem enfraquecer o STF não terão sucesso, o está acordando, essa terrível penumbra que está sobre o povo, logo e dissipará, voltando o rio a correr pelo leito normal, respeitando as opiniões contrárias, as minorias em busca de uma sociedade mais justa.

Vergonha alheia!

Leonardo BSB (Outros)

Que evento mais patético!
Convido o articulista a defender o TRF4, já que está tão preocupado assim com as instituições e se dá tamanha importância.

Um dos piores!

Antonio da Silva (Servidor)

Um dos piores textos que já li do autor! Como pode se prestar a um papelão desses? Quanto esforço para defender o que deve sim ser criticado em uma verdadeira democracia! Como já disseram, em verdade as críticas feitas pelo povo ao STF visam o seu aperfeiçoamento e não a sua extinção... tenha paciência!

Cansativo

Roberto Albatroz (Advogado Autônomo - Criminal)

Ao longo dos anos, o articulista fez o que pôde para enxovalhar o Poder Judiciário brasileiro, com alegações frequentes de que os juízes são solipsistas, descumprem o art. 489 do CPC, dentre outras generalizações.
Dividiu, como ninguém, a comunidade jurídica, entre "nós" e "eles", os advogados, os "bonzinhos-que-são-humilhados-até-pelos-meirinhos", e os juízes, os "malvados-que-se-acham-deuses".
Agora, em meio a evento beija mão de advogados de grife, posa de guardião das instituições.
Faça-me o favor..

Muito bem!

SMJ (Procurador Federal)

Viva ao STF e ao Estado democrático de Direito!
Ditadura nunca mais!

O rei e o súdito

Marcelo-Advogado (Advogado Autônomo - Consumidor)

Quando num país há mais reis do que súditos, vemos estas estapafúrdias manifestação de "notáveis". Não foi um jantar oferecido ao STF. Foi uma audiência informal obtida pelos "notórios" heróis nacionais, que na ladainha de estarem defendendo a Democracia e a "res" pública, nada mais fazem que olhar para as suas próprias carteiras de couro. Se muito, mas muito me bem lembro, antes do mensalão estes "notórios" não arregimentavam forças com suas canetas qualquer para resolver a finco problemas políticos penais do país. Bastou alguns reis sofrerem sanções pela lei para logo os filósofos quererem levantar a utópica bandeira de guerra à lógica. Esse jantar foi um escarnio contra os 1.000.000 de advogados brasileiros. A base da advocacia, que faz todo o mecanismo dos tribunais superiores funcionarem, está aos prantos com tanta seletividade escancarada em nosso país. Acontece que, ao que agora parece, com o princípio da igualdade ao léu, há muito mais reis do que súditos, e suas canetas, algumas poucas com tintas vermelho sangue, passam a ceifar as pilastras poderosas a muito aqui construídas. Isso incomoda tanto que houve um jantar oferecido à instituição STF. Quiça os reis um dia, regados a lagostas, vinhos e uísques premiados, os "notórios" e seus manifestos não reúnam alguns poucos súditos da sociedade para explicarem por qual motivo chegamos nesse ponto...

Falta de Vergonha!

Marcelo Sampaio (Advogado Autônomo - Criminal)

Vocês não representam ninguém. Só a vocês mesmos.
Dá até nojo.

Quinta coluna

olhovivo (Outros)

É relevante observar que tem um de seus integrantes que propagou por aí que ajudaria a atirar pedras no STF. E cabe replicar: tenha a honradez de cair fora vedete quinta coluna!

Sem lagosta para a comunidade

Dazelite (Administrador)

Ao contrário do que gostaria o Eminente Presidente, a "comunidade jurídica" de verdade não gastará um minuto sequer para apoiá-lo, independente de estar na posição de membro ou de instituição.

Tamanho é o grau de delírio

Thiago Bandeira (Funcionário público)

que realmente pensam que esse evento ajudou em alguma coisa, a não ser confirmar o que já se evidenciava.

Pensam que vão "... arregimentar forças ombro a ombro nessa imensa comunidade jurídica de mais de um milhão de “soldados”...". Seriam eles os generais o nós os soldados rasos?
Delírios, devaneios, alucinações, fantasias? Ou burla, aparência, disfarce, engodo, tapeação, ludíbrio?

Tutti quanti!

ABCD (Outros)

Os apoiadores do establishment não representam o guerreiro povo brasileiro.

Não é afirmação, é só uma pergunta...

Zé Zeca ZAMZAMDO (Outros)

Imparcialidade ou seletividade?
Obs.: Não é afirmação, é só uma pergunta...
Perguntar não ofende, certo?
Ou será que há aqueles "cheios de dedos", de cuidados, de "não me toque"...?
https://blogdoairtondirceulemmertz.blogspot.com/2019/04/com-uma-caneta-ou-um-clique-o.html

Não há ataque ao STF

Ernandes Lima (Outro)

As críticas são contra alguns integrantes do STF, não a instituição. Nenhum agente público está imune a críticas. A propósito, o presidente do STF processou a revista Crusoé e o site antagonista por calúnia, injúria ou difamação?

deu chabú!

Ciro C. (Outros)

quando se faz um manifesto, um jantar e uma coluna no Conjur para tentar explicar algo, é porque deu errado!
tente ser melhor na próxima!

Puxadores de saco.

Professor Edson (Professor)

Assim como existem os puxadores de samba, existem também os puxadores de saco de alguns ministros do STF,.

Comentar

Comentários encerrados em 17/05/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.