Consultor Jurídico

Artigos

Opinião

Como os EUA trataram de casos de troca de mensagens entre juízes e promotores

Comentários de leitores

8 comentários

Os Fins justificam os Meios...

Abesapien (Advogado Autônomo - Consumidor)

...desde que seja contra quem não concordo ou tenho sentimentos inconfessáveis.
Todos esses defensores dessa promiscuidade entre acusação e juiz se batem por esse caminho.
Um colega aí embaixo citou a Lei de Organizações Criminosas, mais especificamente o artigo 3º, inciso VIII. Data maxima venia, prezado, na colaboração preconizada ali, louvável e desejável, o órgão jurisdicional não está incluído, por ser tão óbvio.
Vivemos tempos onde apontar o óbvio virou alta filosofia...

Sombras podem esconder, mas também podem ser sua sepultura

Guilherme G. Pícolo (Advogado Autônomo - Civil)

Em Banânia sempre aparece uma "otoridade" com arroubos de totalitarismo, querendo ser maior que a lei. Antigamente, era prática comum só no executivo... Não são poucos aqueles que pensam possuírem "razões nobres" para rasgar a Constituição e exorbitar de suas atribuições

Sérgio moro

O IDEÓLOGO (Outros)

Tem que se demitir!

Muito blablablá, mesmo

Hans Zimmer (Assessor Técnico)

É só fazer a leitura da ADIn 1570, sem precisar ir pros EUA.

Três Palavras

acsgomes (Outros)

Três palavras importantes que não podem passa desapercebidas caso alguém queira fazer qualquer tipo de comparação: DURANTE O JULGAMENTO.

Simples

Ricardo Quintino Santiago (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Juízes não participam da instrução. Ponto.

Juízes não participam da instrução. Ponto.

Ricardo Quintino Santiago (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Não há, no Brasil, a figura institucional do juiz de instrução. Juízes não participam da instrução. Ponto.
Juízes devem ser reativos; devem preservar virtudes passivas, e não podem ter nenhuma estratégia de investigação. Quem investiga, afinal, é a Polícia e o Ministério Público.

muito bla bla bla

Glaucio Manoel de Lima Barbosa (Advogado Assalariado - Empresarial)

É só fazer a leitura do inciso VIII do artigo 3º da Lei 12.850/2013-DAS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS do BRASIL sem ir para EUA.

Comentar

Comentários encerrados em 27/06/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.