Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Três alternativas:

JCCM (Outros)

Defender o contrário disto, do escorreito seguimento da lei, do direito posto, preestabelecido, querendo alegar ser defensor da punição dos criminosos, insinuando que os opositores não o são, induz a três limitadas hipóteses:

1) ignorância, desconhecimento dos princípios básicos;
2) desonestidade ou interesse inconfesso;
3) BURRICE, mesmo.

Nada mais a acrescentar.

Simples assim.

Excelente.

SMJ (Procurador Federal)

Parabéns.

Diferença

Rogério Brodbeck (Advogado Autônomo - Civil)

A brutal diferença entre as conversas Lula-Dilma e Moro-Deltan é que as primeiras foram gravadas e publicizadas, ou seja, havia um áudio que ninguém discutiu a autenticidade. Nas últimas, não há áudio, só texto, que ninguém pode garantir a autenticidade visto que a edição é perfeitamente possível e até provável e facílimo de se efetuar...

Parabéns pelo texto!

Riso (Serventuário)

Excelente a forma como foi tratada a matéria. Parabéns! Ninguém deseja ser julgado por juiz parcial, isso eu tenho a certeza!

A inversão de valores entre Mocinhos e Vilões

Advogado e Professor de Direito (Advogado Sócio de Escritório - Criminal)

Parafraseando Nicolau Maquiavel: "Quem num mundo cheio de perversos, pretende seguir, em tudo, os ditames da bondade, caminha inevitavelmente para a própria perdição".
Estamos vivendo em um país em que os mocinhos tem que fazer coisas questionáveis se quiserem combater os vilões.

Comentar

Comentários encerrados em 18/06/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.