Consultor Jurídico

Notícias

Batalha semântica

Desembargador diz que "bitch" não é "prostituta" e absolve empresa de assédio

Comentários de leitores

5 comentários

Decisão teratológica

Pedro Lemos (Serventuário)

O nobre desembargador ou é muito estulto para o cargo que ocupa, ou está mancomunado com a empresa ré.

Obviamente o contexto em que se diz um termo é relevante para sua análise. Se um veterinário se refere a uma cadela como "bitch", obviamente não há nenhum sentido pejorativo nisso. Mas nenhum falante da língua inglesa consideraria que chamar uma mulher de "bitch" nesse contexto não é utilizar o termo de forma depreciativa.

Agora, se chamassem o magistrado de "veado", gostaria de saber se ele se sentiria ofendido ou não, porque, afinal de contas, veado é só um animal silvestre... Ou se um americano xingasse ele de "son of a bitch", se ele manteria o mesmo entendimento a respeito do termo. Com o corporativismo do Judiciário, ai daquele que fizesse isso. Com certeza acabaria pagando algumas centenas de milhares de reais de indenização...

E assim vamos caminhando.

son of a bitch

frank_rj (Outro)

this judge is a son of a bitch

Bitch and dogs

Simone Andrea (Procurador do Município)

Decisão que nenhum respeito merece, de lavra de quem somente horror inspira. E se um advogado chamasse um magistrado de "son of a dog", tudo bem? "Bitch" é cadela, "dog" cachorro, e as palavras e atitudes mencionadas são injuriosas e caracterizam assédio moral. Porém, por que tanta tolerância com um estrangeiro que vem aqui desrespeitar uma executiva? Será que se os fatos envolvessem um magistrado a corte teria sido tão tolerante? Essa corte merece um protesto popular maciço num dia de sessão, do lado de fora, com apitos e cartazes reproduzindo as expressões que suas excelências acharam "normais".

Tempos surreais

PMLG (Outro)

Já diriam alguns "tempos surreais pedem decisões surreais".

Nesse caso, temos uma decisão dadaísta.

Alegar que não há provas das ofensas é uma coisa. Não há como julgar sem ver os autos, etc.

Agora, dizer que "bitch" não significa prostituta? E mesmo que não significasse literalmente prostituta (e significa - qualquer um com 3 meses de um cursinho mequetrefe de inglês sabe disso), significaria "cadela" de uma maneira extremamente ofensiva.

Ou "son of a bitch" é um termo elogioso em inglês? Ou neutro? Será que o Exmo. magistrado se arriscaria a usar esse termo (bitch) ao dirigir-se a alguma autoridade de qualquer país de língua inglesa?

Surrealismo é pouco.

Justiça trabalhista

O IDEÓLOGO (Outros)

Se o autor do vencedor fosse chamado de algum nome pouco civilizado, não ia exigir "obesa indenização"?
Uma decisão ruim, de uma Justiça ruim, com procedimentos ruins.

Comentar

Comentários encerrados em 14/06/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.