Consultor Jurídico

Notícias

Comunidade de luto

Morre Ney Prado, membro da "comissão de notáveis" da Constituinte de 1988

O desembargador do Trabalho aposentado Ney Prado morreu nesta segunda-feira (3/6). Ele era presidente da Academia Internacional de Direito e Economia.

Prado foi membro e secretário-geral da Comissão Afonso Arinos, conhecida como "comissão de notáveis", criada em 1986 para elaborar um anteprojeto de Constituição. No entanto, a proposta acabou sendo arquivada pelo presidente José Sarney.

Além disso, Prado foi professor de Ciência Política da Fundação Getúlio Vargas, coordenador do curso de especialização em Direito do Trabalho e professor de Direito Constitucional do Centro de Extensão Universitária, além de chefe da Divisão de Estudos Políticos do Colégio Interamericano de Defesa em Washington D.C., EUA. 

O velório de Ney Prado ocorrerá a partir das 11 horas desta terça-feira (4/6), no Crematório Memorial, localizado na Rua Suécia, 56, Jardim Mimas, Embu das Artes (SP), com entrada pelo quilômetro 275 da Rodovia Régis Bittencourt. A cerimônia de cremação será promovida às 14 horas no mesmo dia e local.

Condolências podem ser enviadas para por e-mail (aide@aide.org.br), telefone (11 3031-0331) ou encomenda (Avenida Brigadeiro Faria Lima, 1.234, conjunto 161, 16° andar, CEP 01451-001, São Paulo).

Revista Consultor Jurídico, 3 de junho de 2019, 20h21

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/06/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.