Consultor Jurídico

Patrocinados

Guia para advogados de como escrever bons e-mails

Nos últimos anos, com novas possibilidades de interação digital, surgiu e se popularizou o e-mail — diversas vezes colocado à prova. Muito falou-se, por exemplo, desde o surgimento do WhatsApp, que o e-mail seria uma ferramenta ultrapassada tanto para uso pessoal quanto profissional.

Os números, no entanto, indicam o oposto. Segundo a pesquisa Email Statistics Report, da Radicati Group, um estudo que traz dados e projeções do uso de e-mail de 2016 a 2020, essa ferramenta resistiu às novas disponíveis no mercado. Além disso, cresceu o número de usuários de e-mail 3% a cada ano.

A estimativa é que, em 2020, o número de usuários de e-mail no mundo chegue a 3,04 bilhões.

Não importa se sua intenção é captar novos clientes para seu escritório de advocacia se relacionar com sua base. Seu e-mail é uma das suas mais poderosas ferramentas de negócio.

Caminho das pedras
Para auxiliar seu escritório em sua comunicação com clientes e clientes em potencial, a ProJuris desenvolveu um guia de boas práticas na escrita de e-mails.

O material aborda desde a elaboração de um título chamativo até detalhes estruturais que podem fazer do seu e-mail uma ferramenta de trabalho mais eficiente.

Neste material, você vai encontrar:

Criando um título poderoso para o seu e-mail

Estruturando o corpo do seu e-mail

Leitura amigável: destacando o que há de mais importante

Na prática: aplicando conceitos

Fazer download agora

Aproveite e potencialize a comunicação e captação de clientes para o seu escritório de advocacia através da sua assinatura de e-mail. Crie sua assinatura profissional agora.

Revista Consultor Jurídico, 31 de julho de 2019, 7h37

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/08/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.