Consultor Jurídico

Notícias

Episódio fictício

Celso de Mello afirma que nunca se encontrou em casa com Janot

O ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal, divulgou nota afirmando não ser verdade informação de reportagem do jornal Folha de S.Paulo sobre um encontro em 2016 com o então procurador-geral de Justiça, Rodrigo Janot.

O próprio jornal corrigiu a reportagem. Na versão impressa, a Folha afirma que "o decano do STF" teria chamado Janot para um jantar em sua casa e perguntou se havia algo na operação "lava jato" que o comprometesse. A versão on-line afirma que o episódio foi com o ministro Luiz Fux. 

A afirmação envolvendo o ministro Fux está em uma resenha do livro Os Onze – O STF, Seus Bastidores e Suas Crises, de Felipe Recondo e Luiz Weber.

Celso de Mello afirma que nunca teve qualquer diálogo nesse sentido com o então chefe do Ministério Público da União nem sequer lhe formulou, em local algum, qualquer indagação a esse respeito.

Clique aqui para ler a nota.

Revista Consultor Jurídico, 31 de julho de 2019, 20h06

Comentários de leitores

3 comentários

A Falha sendo a Falha

Advogado (Advogado Autônomo - Previdenciária)

A Folha de São Paulo está se acabando "por si só", como dito há alguns meses. RIP.

a Folha atirou no que viu e acertou

Patricia Ribeiro Imóveis (Corretor de Imóveis)

a Folha atribuiu o encontro a CELSO...

CELSO imediatamente negou...

Mas não foi CELSO, foi FUX!

E agora?

Pois é, o paradigma está lançada, resta FUX explicar o episódio...

Aí está o "busílis", como diria Lênio

A Falha sendo ela mesma

amigo de Voltaire (Advogado Autônomo - Civil)

Caso tipico da Folha sendo ela mesma!

Comentários encerrados em 08/08/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.