Consultor Jurídico

Notícias

crimes cibernéticos

PF prende quatro suspeitos de invadir celular de Sergio Moro

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira (23/7) quatro suspeitos de invadir o celular do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. A investigação não tem relação com as mensagens que têm sido divulgadas pelo site The Intercept Brasil.

Presos teriam invadido de forma remota o celular do ministro da Justiça, Sergio Moro Marcela Camargo/Agência Brasil

Em nota, a Polícia Federal se limitou a informar que os suspeitos foram detidos em caráter temporário nas cidades de Araraquara, São Paulo e Ribeirão Preto e integram uma organização criminosa que pratica crimes cibernéticos. Também foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão.

A operação foi batizada de spoofing, expressão relativa a um tipo de falsificação tecnológica, que procura enganar uma rede ou uma pessoa, fazendo-a acreditar que a fonte de uma informação é confiável quando, na realidade, não é.

Procurado, o ministro Sergio Moro ainda não se pronunciou sobre o assunto. A assessoria da PF informou que, por ora, não fornecerá mais detalhes, a fim de não atrapalhar as investigações. Com informações da Agência Brasil. 

Revista Consultor Jurídico, 23 de julho de 2019, 18h27

Comentários de leitores

8 comentários

Sr. William

Igor M. (Outros)

O fato de ter ocorrido a invasão não importa em veracidade do conteúdo, ou seja, que este tenha exatamente ocorrido, ou que não tenha sido falsificado.

Por isso há necessidade de perícia, sendo que, no caso, vai ser feita em cima do que foi apreendido dos acusados.

Ocorreu CRIME

William Pinheiro (Advogado Autônomo - Criminal)

Ora, se o Ministro Sergio Moro, bem como, o procurador Dallagnol não reconhecem as mensagens como verdadeiras, e de que elas não ocorreram, isto quer dizer que não ocorreram invasões. Por que então prenderam estas pessoas?

Só para lembrar

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

Só para comentar as criticas em desfavor da Polícia Federal, aponto que o filho do Reitor que se suicidou foi denunciado, demonstrando qual a motivação da obstrução, mais, se a nossa PF não é das melhores empatou com os bandidos. Para quem vive de apenas apontar deeitos:http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2012/08/policia-federal-usa-equipamentos-de-ultima-geracao-no-combate-ao-crime.html

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 31/07/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.