Consultor Jurídico

Notícias

Última sessão

Desembargador Paulo Roberto de Santana se aposenta do TJ-SP

Por 

O desembargador Paulo Roberto de Santana, da 23ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, participou nesta quarta-feira (17/7) da última sessão antes de se aposentar. Ele atuava no tribunal há mais de 15 anos. Primeiro, no antigo Tribunal de Alçada Civil, depois, na 23ª Câmara.

Ele recebeu homenagens dos colegas pela atuação na magistratura. O presidente do colegiado, desembargador José Marcos Marrone, disse que Santana é um dos melhores juízes que conheceu e “abrilhantou a 23ª Câmara desde a sua instauração”.

Colegas há duas décadas, o desembargador Franco de Godói destacou a ética e a honestidade intelectual de Santana. “Em uma época em que o Poder Judiciário é atacado de forma indiscriminada por todos, em que juiz é tratado como bandido, o Paulo pode ter certeza que todos, especialmente seus pares, o reconhecem como uma pessoa que se dedicou a função jurisdicional como poucos”, completou.

Paulo Roberto de Santana agradeceu as “palavras carinhosas”, relembrou sua carreira na magistratura, iniciada em 1982, e homenageou os funcionários do tribunal e do seu gabinete, que o ajudaram “a executar as tarefas da melhor forma”. Ele também afirmou que atuar na segunda instância foi o ponto de destaque de sua carreira.

Santana será substituído pelo desembargados Marcos Gozzo, que hoje preside a 27ª Câmara de Direito Privado.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 17 de julho de 2019, 18h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/07/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.