Consultor Jurídico

Notícias

Justiça Eleitoral

Advogado Carlos Velloso Filho é nomeado ministro substituto do TSE

O advogado Carlos Mário da Silva Velloso Filho foi nomeado ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral. A nomeação foi oficializada nesta quinta-feira (4/7) pelo presidente Jair Bolsonaro.

O advogado foi o terceiro mais votado na lista tríplice para o cargo, definida pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal no dia 26 de junho. Ele recebeu oito votos dos ministros, contra nove de Marçal Justen Filho, e dez de Daniela Teixeira, ex-vice-presidente da OAB-DF e conselheira federal da OAB.

A lista tríplice seguiu para Bolsonaro, que decidiu pela nomeação de Carlos Mário da Silva Velloso Filho. Ele vai substituir Sérgio Silveira Banhos, que foi nomeado ministro titular do TSE.

Revista Consultor Jurídico, 4 de julho de 2019, 20h08

Comentários de leitores

5 comentários

Opino

ca-io (Outros)

Penso TSE, TRT, fim, tem que ser vara especializada da Federal, com Câmaras especializadas na instância superiores. Quanto a indicação nos moldes atuais, ninguém vai indicar por qualquer que for o motivo ou desafeto, logo o que deve ser mudado é o sistema como cada Excelência é indicada, simples poderia ser extensão da carreira de Magistrado, Promotores. Prestem atenção dois da corte suprema sempre votam iguaizinhos, sou leigo, mas leio, escrevo com erro escreve, mas escrevo importante é o conteúdo. Todos os governos anteriores fizeram simplesmente indicação de seus favoritos, nada mais, os demais farão dadas as regras, são claras, mas desatualizadas, nebulosas, perniciosas, dizem que chega ao embaraço de indicarem antigos defensores. Tem mais, a continuar o quinto por Juízes leigos, os mesmos deveriam se submeter a provas aplicadas pelos Tribunais.

Lamentável

ca-io (Outros)

Diversos, nem todos comentários, contaminados de ódio, raiva, inveja, ciúmes, desrespeitosos, coisa de fascista. Povo não semeie tal semente, discordar é natural, é necessário, mas com educação, serenidade, sabedoria, com justificativa série. Vamos lá, dignidade até para o contraditório.

Pois é.

Neli (Procurador do Município)

Nada como ter sangue azul na República das Jabuticabas.
Dessa lista , indicaria o segundo: intelectual, com um enorme saber jurídico e sua obra sobre licitação engrandece o Direito.
O Tribunal ganharia com ele .
Aliás, "de lege ferenda" pela extinção do TSE!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 12/07/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.