Consultor Jurídico

Notícias

Moro na Câmara

Mensagens vazadas são ataques ao combate à corrupção, acredita Moro

Por 

O ministro da Justiça, Sergio Moro, se sente sob ataque. Na opinião dele, as mensagens trocadas entre ele e os procuradores da "lava jato", vazadas pelo site The Intercept Brasil, embora não mostrem "nada de mais" têm o objetivo de desacreditar as investigações.

Ataques da oposição é fruto de revanchismo, diz Moro.
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

"Tenho certeza se durante a condução da 'lava jato' eu tivesse me omitido, deixado a corrupção florescer, virado os olhos par aos outros lados eu  não sofreria estes ataques. Tenho certeza que isso não aconteceria", disse ele, em audiência na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (2/7).

Os deputados querem esclarecimentos sobre as mensagens. Algumas delas mostram que Moro orientou os procuradores a procurar uma testemunha que poderia ligar o ex-presidente Lula ao caso da Petrobras — e fazer com que o ex-presidente pudesse ser julgado pelo ex-juiz. Outras mensagens mostram que Moro cobrou do procurador Deltan Dallagnol por resultados e reclamou com ele de erros cometidos pela Polícia Federal.

Mas ele não acha que isso queira dizer nada. E diz que quem reclama é por "revanchismo". "Tem que se perguntar então quem defende Sérgio Cabral, Eduardo Cunha, Renato Duque, todos estes inocentes que teriam sido condenados", disse Moro. "Que elas sejam colocadas imediatamente em liberdade já que foram condenadas pelos malvados procuradores da operação, pelos desonestos policiais e o juiz parcial."

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 2 de julho de 2019, 18h49

Comentários de leitores

3 comentários

Óbvio

Eduscorio (Consultor)

O que é antes de jurídico, lógico, é que o G. Greenwald não tem nenhuma respeitabilidade/credibilidade para, a partir de um expediente vil, querer enxovalhar a integridade inquestionável do Ministro quando ainda era juiz da lava-jato. E se, a partir desta iniquidade tão pretensiosa quanto leviana, as minorias descontentes do Congresso preparam uma atrocidade contra a dignidade humana do indivíduo, do tipo "aproveitar o ensejo", e da imunidade parlamentar para caluniar Moro, isso prova que estão a passos acelerados do limbo nacional.

Esclarecimentos necessários

AC-RJ (Advogado Autônomo)

"Os deputados querem esclarecimentos sobre as mensagens". Sim, a população também quer esclarecimentos: As mensagens interceptadas são verdadeiras? Se forem, quais as provas da suas autenticidades? Quem interceptou as mensagens? Por ordem de quem? Quem teria pago pelas interceptações? Por que as interceptações das mensagens foram feitas clandestinamente, fora da legalidade? Os responsáveis pelas interceptações clandestinas e pelas divulgações serão responsabilizados judicialmente? O que os responsáveis pelas mensagens têm a dizer sobre as informações com provas, divulgadas na internet, que elas foram manipuladas e distorcidas?

Gangue petista

Professor Edson (Professor)

O PT chamou Moro de ladrão!!!, tem cabimento isso,??? essa gangue do PT precisa tomar vergonha na cara e cair na realidade.

Comentários encerrados em 10/07/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.